Eleitor que votou com arma é interrogado pela Polícia Federal

O eleitor que levou uma arma para a cabine de votação foi identificado pela Polícia Federal e irá responder por quebra de sigilo do voto. Maykon Santana, 26 anos, é morador de Cornélio Procópio. Ele prestou depoimento à PF na quarta-feira (10) e foi liberado em seguida. Segundo a Folhapress, a arma apreendida pelos policiais, é de brinquedo.

Em entrevista à RPC TV, ele disse que fez uma “brincadeira” e que se arrependeu. “Foi uma brincadeira que eu fiz na hora ali, sem pensar, e acabou resultando nesse problema. Nunca mais. É errando que se aprende. Um minuto de bobeira acaba prejudicando a vida inteira”, declarou.

Outros dois eleitores, de Sergipe e São Paulo, também são investigados pela PF por terem postado fotos de seus votos, com uma arma em cima da urna.

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *