Venda de carros cresce 3,5% em outubro, aponta Fenabrave

por Mayk Souza

Com 215 mil novas unidades vendidas, a indústria automotiva começa a dar bons sinais de recuperação. O saldo positivo de outubro mostra um crescimento de 3,5% comparando com o resultado de setembro. Contudo, na comparação com 2019, existe ainda uma retração de 15%.

 

Os dados foram divulgados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) e já indicam uma pequena movimentação na demanda em um ano totalmente atípico para a economia global.

 

Com o isolamento social imposto pela propagação do coronavírus Covid-19, as lojas foram fechadas e as fábricas deram férias aos trabalhadores. Apenas de janeiro a outubro de 2020, quando comparado com 2019, a queda nas vendas é de 30,38%.

 

Mesmo com essa recente recuperada nas vendas, dificilmente 2020 fechará com saldo positivo.

 

“O mês de outubro é, até o momento, o que registra o recorde do ano. Notamos que os clientes estão mais confiantes e tomando a decisão de compra, que é facilitada pela maior oferta de crédito”, destaca Alarico Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave.

Líder de vendas em outubro de 2020

Das 215 mil unidades vendidas, cerca de 205 mil já foram emplacadas no próprio mês. O destaque ficou para a Fiat, com 18,67% do mercado, seguida pela Volkswagen (16,71%) e General Motors (16,60%).

As três montadoras, juntas, representam mais da metade das vendas do período.

Os sinais positivos de outubro já indicam que a economia começa a se movimentar neste fim de 2020 e as lojas devem voltar com força total e promoções para limpar o estoque, na espera pelos modelos 2021 que estão por vir.

Ainda dentro da indústria automotiva, a demanda por carros usados na Karvi, um buscador que apresenta ofertas de veículos, já começou a subir e deve intensificar ainda mais os últimos dois meses do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close