Santa Casa de Valença: Nova diretoria toma posse e anuncia metas para os próximos quatro anos

Marcelo Cabral é reeleito provedor do hospital

Nesta sexta-feira (30), membros da irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Valença elegeram a nova diretoria para gestão dos próximos quatros anos do hospital. A eleição e posse foram realizadas em Assembleia Geral Ordinária, no Colégio Social, localizado na Rua Argemiro Isidoro Franco, em Valença. O provedor Marcelo Cabral foi reeleito para o cargo. Durante o evento também foi apresentado o Balanço Financeiro Anual de 2019, além de feita a admissão de novos membros da irmandade.

Para o futuro, Marcelo Cabral ressaltou melhorias no centro cirúrgico. A Santa Casa de Misericórdia de Valença pretende ampliar a sua vocação cirúrgica já no ano de 2021. “Isso significa que a Santa Casa está se preparando para criar mais de 40 leitos cirúrgicos, implementar os serviços de cirurgias ortopédicas e potencializar as cirurgias eletivas”, disse o provedor, que também destacou o objetivo da instituição em se tornar referência no atendimento hospitalar no Baixo Sul da Bahia: “Uma das principais metas da gestão é deixar um legado para os valencianos”.
Além da ampliação da vocação cirúrgica, o provedor da Santa Casa falou sobre a reestruturação da UTI para receber casos complexos após o fim da pandemia. A proposta é que os leitos de UTI e clínicos que atualmente são utilizados para acomodar pacientes que contraíram a Covid-19 sejam utilizados como leitos de UTI geral, possibilitando a realização de tratamentos e cirurgias complexas.

“Durante a pandemia avançamos de forma importante. Hoje, além de contar com leitos de UTI, a Santa Casa também começou a realizar tratamento de hemodiálise em pacientes que estavam em tratamento contra a Covid e passaram a apresentar problemas renais. Com o oferecimento do tratamento estamos cuidando para que esse paciente tenha mais tranquilidade e conforto e evitando o deslocamento para a Clínica de Hemodiálise de Valença”, disse o provedor.

O provedor destacou ainda as reformas em andamento e previstas para serem entregues ainda este ano, como a requalificação da Emergência, com humanização completa do espaço, e do Hospital Doutor Heitor Guedes de Mello, com o projeto de substituição do telhado e modernização da fachada.

Entre 2016 e 2020, período da primeira gestão do provedor Marcelo Cabral, a Santa Casa de Misericórdia de Valença foi beneficiada com 10 emendas parlamentares que somam R$ 6.095.785,00 milhões. Os recursos foram investidos em compras de equipamentos, reformas e custeio da instituição. Somente em 2019 e 2020, o hospital foi beneficiado com R$ 2.435 milhões e conseguiu suprir todas as demandas de materiais que estavam falta. Hoje, o hospital conta com um amplo estoque de materiais médico, de expediente, de higienização e de lavanderia, além de medicamentos e oxigênio.

“A dedicação à Santa Casa é uma forma de honrar o voto da irmandade que, em 2016, nos escolheu para gerir a unidade de saúde mais antiga da nossa cidade. Ao assumirmos, foi necessário ajustar a balança e reequilibrar as contas do hospital, de modo que a receita se sobrepusesse às despesas, sem comprometer a assistência. Paralelo ao desafio de colocar as contas em dia, passamos a batalhar para ampliar os serviços do hospital”, lembrou o provedor. *Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close