Produtos da agricultura familiar fazem sucesso durante o carnaval de Salvador


A Bahia está em clima carnavalesco e o bloco da agricultura familiar está fazendo o maior sucesso na Avenida. Pela primeira vez, delícias produzidas por agricultores familiares baianos marcam presença no circuito da folia.

Nos circuitos Dodô/Barra a Ondina e Osmar/Campo Grande tem a Banana Chips da Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (Coopatan); o doce em massa de umbu e maracujá da Caatinga orgânicos, da Cooperativa de Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc); as barrinhas de chocolate com 70% de cacau da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba); e as barrinhas de cereais nutritivas de abacaxi, jaca e umbu, da Cooperativa Agroindustrial de Itaberaba (Coopaita).

Os produtos estão conquistando os foliões e podem ser encontrados em camarotes como o Band Folia 2020, em Ondina, e da TVE Bahia, no Campo Grande, e em diversos pontos comerciais da capital baiana, garantindo uma alimentação saudável, antes, durante e depois de o trio passar.

Já pulou ao som de “Pequena Eva”? Já cantou “Diga que valeu” ou coreografou o “Contatinho”? Para não perder o ritmo e repor as energias, além dos produtos que estão no circuito, outras delícias como castanha de caju, nibs, tapioca, palmito, licuri, farinha de copioba, mel e flocão de milho não transgênico, também são opções de alimentos saudáveis, produzidos pela agricultura familiar da Bahia, que podem ser consumidos durante a folia.

As cooperativas da agricultura familiar participam no Carnaval com o apoio do Governo do Estado, por meio do Bahia Produtiva e Pró-Semiárido, projetos executados pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio de acordo de empréstimo com o Banco Mundial.

O assessor do projeto Bahia Produtiva, Guilherme Martins, destacou que o consumidor cada dia mais procura por produtos que tenham valores por trás dos rótulos e atende exigências do mercado quanto à origem e o seu modo de produção: “O carnaval é um ambiente cada vez mais de posicionamento de bandeiras, conceitos e atitudes, que a sociedade, aproveitando toda a mídia que se constrói em torno dos dias de festa, mobiliza-se para difundir. Associar a agricultura familiar a esse contexto é acertado porque alcança e sensibiliza consumidores que, em geral, ainda não conhecem os produtos, além de formar opinião de influenciadores que podem dar mais destaque para o que a agricultura familiar, de base sustentável, tem a capacidade de ofertar. É oportunidade para posicionar os produtos em mercados mais competitivos e ampliar negócios para cooperativas que são apoiadas em ações de gestão e de mercado pelo projeto”.

A atleta de Brasília Adriana Sipriano provou as barrinhas de cereais e destacou a importância de proporcionar aos foliões uma alimentação mais saudável: “As barrinhas de cereais de frutas são deliciosas e estarem disponíveis durante o carnaval é uma forma de todos, principalmente os jovens, que comem tantas bobagens, alimentarem-se melhor”.

O diretor da Band Norte e Nordeste, Augusto Correia Lima, conheceu os produtos e aprovou: “Eu provei a banana Chips e adorei. Saber que vem da agricultura familiar, agrega ainda mais valor pra mim. Estou muito feliz por essa qualidade ser apresentada no camarote Planeta Band, no maior evento popular do planeta”.

Depois de provar o Doce de Umbu, a secretária de Desenvolvimento Sustentável do município de Caetité, Cátia Virgínia, elogiou o trabalho da cooperativa e afirmou: “Maravilhoso, muito bom! Irei indicar para outras pessoas, trabalharam muito bem”. *SDR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *