Governador visita Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova e alerta para limite da abertura de novos leitos na Bahia

 

Na tarde desta quarta-feira (3), o governador Rui Costa esteve no Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova, em Salvador, para uma visita técnica à unidade, que volta a funcionar nesta quinta-feira (4). O hospital tem capacidade para 200 leitos, mas inicialmente funcionará com 80 leitos, distribuídos em 50 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e mais 30 leitos clínicos, voltados para o atendimento de pacientes diagnosticados com a Covid-19.

 

A gestão do hospital de campanha está sob a responsabilidade das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid). A expectativa é de que em breve o hospital possa operar com capacidade plena, já que depende do processo de contratação dos profissionais de saúde para o total funcionamento.

 

Durante entrevista coletiva à imprensa, o governador destacou o esforço do Governo do Estado para reabrir a unidade, mas lembrou que a abertura de leitos não é a solução para o combate à pandemia do novo coronavírus. “A abertura de novos leitos é uma tentativa de evitar um colapso total no nosso sistema de saúde. É importante esclarecer para a população que, ao abrir os 100 leitos de UTI da Arena Fonte Nova e mais 100 de UTI que serão abertos no Hospital Metropolitano, o Estado da Bahia chega ao limite de abertura de novos leitos. É preciso que todos tomem consciência ou, daqui a duas semanas, iremos precisar de mais mil leitos. É uma situação impossível porque nós não teríamos nem equipes de profissionais suficientes para uma demanda tão grande”, afirmou.

 

A subsecretária da Saúde do Estado, Tereza Paim, explicou que “haverá um aumento progressivo na abertura do número de leitos na Arena Fonte Nova, porque nós precisamos captar profissionais especializados e que, neste momento, estão divididos entre UTI covid e UTI não covid, mas a nossa expectativa é ter 100 leitos de UTI e 100 leitos clínicos. O hospital já começa a receber pacientes clínicos e de UTI a partir de amanhã [dia 4]”.

 

Hospital Metropolitano

 

Na última terça-feira (2), o governador autorizou a publicação de licitação emergencial para a abertura do Hospital Metropolitano, em Lauro de Freitas. A unidade — que tem capacidade para comportar 200 leitos, sendo 100 leitos de UTI e mais 100 clínicos — irá abrir com 40 leitos de UTI e mais 30 leitos clínicos. A expectativa é de que, após o lançamento da licitação emergencial, que já teve o trâmite burocrático iniciado, o hospital inicie as atividades no prazo de três semanas.

 

Durante a agenda na Arena Fonte Nova, o governador informou que, na manhã desta quarta-feira (3), foi realizada uma reunião entre a Procuradoria Geral do Estado (PGE) e a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) para discutir os termos e a forma de contratação de uma gestão provisória para a unidade. “Hoje já deve ser concluída uma das etapas desse processo, que será de resposta aqueles que demonstraram interesse pela licitação”, pontuou Rui.

 

Fotos: Mateus Pereira/GOVBA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close