Em maior sequência invicta na Série A, Bahia entra em série de pedreiras que derrubou Dado


O empate diante do Juventude, na última rodada da Série A, fez o Bahia chegar a seis partidas sem perder, maior sequência invicta na competição até aqui. Todos esses números foram alcançados desde a chegada do técnico Guto Ferreira e ganham maior importância diante da sequência dura que está por vir.

Três dos próximos cinco jogos do Bahia na Série A serão fora de casa: São Paulo (C), Flamengo (F), Sport (F), Cuiabá (C) e Atlético-GO (F). O Tricolor ainda teria confronto diante do Atlético-MG entre esses compromissos, mas a partida foi adiada para o dia 2 de dezembro.

No primeiro turno, o Bahia conquistou apenas um ponto entre todos os esses jogos, no empate diante do Cuiabá. Entre os resultados mais lamentados, estão as derrotas em casa para Atlético-GO e Sport, além do 5 a 0 aplicado pelo Flamengo. A série ruim acabou com a gordura que a equipe construiu após o bom início de competição e terminou com a saída do técnico Dado Cavalcanti, no dia 17 de agosto.

Gráfico mostra queda de rendimento e recuperação do Bahia — Foto: CBF

Gráfico mostra queda de rendimento e recuperação do Bahia — Foto: CBF

Aquele foi o pior momento do Bahia nesta edição da Série A. Com Bruno Lopes como técnico interino e, depois, com a chegada de Diego Dabove, a situação do time não melhorou muito, e o Tricolor chegou a completar oito jogos sem vencer na competição – com sete derrotas.

A recuperação

Guto Ferreira volta a contar com Nino Paraíba e Matheus Bahia — Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Guto Ferreira volta a contar com Nino Paraíba e Matheus Bahia — Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Apesar de não ter muitas vitórias, o Bahia mostrou reação nas últimas partidas da Série A, quando conquistou 10 de 18 pontos em disputa (55,5% de aproveitamento). No geral, o time tem 38% de rendimento em 29 jogos.

O Tricolor segue com a segunda pior defesa da Série A, com 39 gols sofridos (média de 1,3 por jogo), mas foi vazado apenas uma vez nas últimas seis partidas que fez.

Por outro lado, apesar da recuperação, a equipe ainda não conseguiu descolar das últimas posições. O Tricolor deixou o Z-4 na 27ª rodada, mas está na beira da degola, com três pontos a mais que o Sport, que tem um jogo a mais.

Para o primeiro destes compromissos, diante do São Paulo, no próximo domingo, às 18h15 (horário de Brasília), Guto volta a ter à disposição Nino Paraíba e Matheus Bahia, que cumpriram suspensão na última rodada. Também há expectativa para que ele conte novamente com Mugni e Rossi, que estão em recuperação de lesão. *GE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close