Coronavírus: Prefeitos querem 100% do fundo eleitoral para a saúde dos municípios

Com a pandemia de Coronavírus, os prefeitos baianos devem ter dificuldades financeiras. A União dos Municípios da Bahia (UPB) fez reunião virtual e os gestores decidiram de forma democrática defender que os recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, conhecido como Fundão Eleitoral, e do Fundo Especial de Assistência Financeira aos Partidos Políticos, o Fundo Partidário, sejam destinados à saúde dos municípios.

Segundo o presidente da entidade, Eures Ribeiro, que também é prefeito de Bom Jesus da Lapa, no Oeste da Bahia, as prefeituras não dispõem de recurso para conter a proliferação da doença. “Imagina contratar mais médicos, comprar medicamentos, com a queda de receita que teremos nos próximos meses. Adiar ou não as eleições é irrelevante discutir neste momento, o importante é ter medidas de prevenção do coronavírus e de fortalecimento da saúde dos municípios”, explica.

Estima-se que o Fundo Eleitoral conta com R$2 bilhões para financiar as eleições deste ano. “É onde a gente sabe que tem bilhões parados e que podem ser usados nesse momento 100% para a saúde dos municípios”, defende Eures Ribeiro, que pretende levar o pleito dos prefeitos baianos para ser incluída na pauta da Confederação Nacional de Municípios (CNM), da qual é vice-presidente. *Voz da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *