Bahia chega ao 2º jogo seguido sem sofrer gol, e Mano valoriza: ‘Melhora necessária’

O Bahia venceu o Botafogo no último domingo (8), na Arena Fonte Nova, e chegou ao seu segundo jogo seguido sem sofrer gols. A defesa limpa foi fato de comemoração para o técnico Mano Menezes, que se mostrou satisfeito e indicou a necessidade de evolução no setor para ter um desempenho melhor no segundo turno do Brasileirão.

“Me deixa, porque nós estamos, objetivamente, buscando essa melhora. É necessária essa melhora para acompanhar a produção ofensiva que temos. Hoje, se analisar os números frios, o que está sustentando a colocação é a parte ofensiva, porque, como defesa, somos a segunda pior. Para o segundo turno, temos que ter uma melhora, para que não fique tão sobrecarregada a parte ofensiva”, disse.

Ao se prolongar pela partida, Mano Menezes reconheceu que o time sentiu o desgaste físico. Porém, o comandante disse crer que o grupo vem se fortalecendo no quesito.

“Não tenha dúvida de que sentiu, principalmente na comparação. Mas volto a repetir: a equipe vem ganhando muito condicionamento, muita força. A oportunidade que estamos tento de trabalhar normalmente depois de um período muito longo, que atacou todo mundo, com a pandemia, vem dando uma condição boa, e acredito que, mesmo com dois dias a menos de preparação, a gente conseguiu enfrentar o Botafogo com mais força”, indicou.

Mano também respondeu sobre Elias. Sob seu comando, o jogador tem sido pouco substituído. Ele discordou sobre outros jogadores da posição não terem minutos para atuar e explicou o motivo de manter o camisa 5 diante do Botafogo.

“Discordo que os jogadores da posição não estão tendo condições e oportunidade de jogar. No jogo contra o Santos, Ronaldo não jogou o jogo todo porque sentiu o desgaste. Já fiz o Ramon, teremos a oportunidade, diante do Fortaleza, de colocar dois volantes diferentes. Para ser bem prático, a ideia não era levar Elias até o final dos 90 minutos. A ideia era resolver o jogo um pouco antes para colocar um jogador mais inteiro. Como o jogo se arrastou até o final, não tinha lógica tirar o Elias. Tínhamos que usar nossa substituição com um jogador de ataque, por isso o Alesson foi escolhido”, detalhou.

O Bahia volta a entrar em campo nesta quarta-feira (11) para enfrentar o Fortaleza em jogo atrasado da 18ª rodada da competição nacional. (BN)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close