Apesar dos gargalos na infraestrutura brasileira, setor de logística projeta crescimento em 2021

 

Foto: Shutterstock / Divulgação

Durante a pandemia, o setor de logística avançou muito no processo de distribuição dos produtos adquiridos de forma online e, o que parecia ser uma tendência para o futuro, deve se configurar em uma realidade atual. “O fluxo de mercadorias aumentou e demandou melhorias no processo de controle logístico, sempre prezando pela eficiência na entrega, com o menor custo possível. A tendência no período pós-pandemia é um crescimento do e-commerce, pois os clientes querem conveniência e agilidade na entrega do seu produto. E isso é papel da logística”, afirma Adriano Araújo, mestre em Desenvolvimento Regional e Urbano e professor do curso de especialização em Logística com ênfase em Estoque, Armazenagem e Distribuição da Unijorge.

 

De acordo com dados da Associação Brasileira de Logística (Abralog), até agosto de 2020, o setor de logística movimentou mais de R$ 620 bilhões em cargas no Brasil. Esse número poderia ser ainda maior se não fossem os gargalos enfrentados pelo setor. “A expectativa é de que o volume de cargas transportadas cresça de 2% a 4% em 2021, mas esse aumento é esperado caso ocorram investimentos na melhoria da infraestrutura logística e na malha rodoviária. Necessitamos de investimentos em ferrovias e portos para escoamento dos produtos, em maiores quantidades e com custo menor, para que o frete do produto seja mais atrativo para o consumidor”, explica Araújo.

 

O cenário é promissor também para o profissional de logística. O mercado de trabalho está em franco crescimento, principalmente por conta do avanço das empresas que atuam com atacado e varejo no Brasil. “Em qualquer empresa, independente do porte, existe a necessidade de profissionais com conhecimentos em logística, seja para organização de estoque, controle de entrada e saída de mercadorias, organização de pedidos até a entrega do produto ao cliente”, ressalta a administradora Sylvia Dalcom, mestre em Desenvolvimento Regional e Urbano e coordenadora Geral da Pós-Graduação da Unijorge.

 

Segundo Sylvia Dalcom, podem se especializar em Logística profissionais graduados em cursos superiores de Tecnologia, Administradores, Economistas, Engenheiros e áreas afins. “Para tanto, necessitam adquirir conhecimentos específicos na área de logística, cadeia de suprimentos, embalagem, armazenagem e distribuição de produtos”, afirma.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close