Terceira maior distribuidora para o mercado Agro, Petrobahia amplia parcerias no Oeste baiano após participação na Bahia Farm Show

Crédito – Mauricio Simões.

Terceira maior distribuidora para o mercado Agro, Petrobahia amplia parcerias no Oeste baiano após participação na Bahia Farm Show

A maior feira de equipamentos, serviços e tecnologias para o agronegócio do Norte e Nordeste, a Bahia Farm Show contou pela 18ª vez com a participação da Petrobahia. O evento, que aconteceu na cidade de Luís Eduardo Magalhães, no oeste do Estado, registrou recorde de público, com mais de 110 mil pessoas, e atraiu atenção de empresários, produtores e outros agentes do agronegócio de todo o país. Com presença já tradicional no evento e no mercado do agronegócio, a Petrobahia recebeu parceiros, clientes e novos interessados em oportunidades de negócio e de apresentação das soluções ofertadas pela distribuidora.

A expectativa de ampliação de presença no mercado agro foi alcançada pela Petrobahia. Quem confirma é o CEO da empresa, Thiago Andrade, que acompanhou de perto e participou ativamente das atividades durante os dias da feira. “Foi mais uma edição de sucesso. Assinamos novos contratos durante o evento, uma agenda cheia de novidades para esse ano de 2024. São 18 anos participando desse evento e esse ano a gente venceu importantes etapas no desenvolvimento da companhia e no crescimento dos nossos projetos, como de produção de etanol de milho, no Oeste, e investimentos em muitos clientes parceiros da região”.

A região conhecida como Matopiba, fronteira agrícola composta por partes dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, está no centro das atenções das iniciativas apresentadas no evento, assim como nos projetos de expansão da Petrobahia. Em 2023, o grupo construiu uma base no município de Balsas, no Maranhão, abrindo caminho para atender também o sul do Piauí, além de já ter forte participação no mercado do Tocantins.

“Temos uma participação significativa sendo a terceira maior distribuidora no mercado do agronegócio no Brasil, nos estados onde a gente atua. Viemos para a Bahia Farm com uma gama de produtos ofertadas aos principais clientes da região. Temos uma agenda de construção de desenvolvimento de soluções voltadas a essa indústria”, afirmou Thiago Andrade.

Entre as soluções em destaque, a Petrobahia levou para exposição na Bahia Farm um kit de abastecimento que desenvolveu especialmente para os clientes B2B, que é o Kit PB Flex, composto por tanque de combustível, bacia de contenção, bomba de abastecimento e sistema de telemetria.

Produção de biocombustível

Durante a Bahia Farm Show, a Petrobahia participou de um anúncio que vai contribuir para a consolidação do Projeto Farol, que está sendo desenvolvido pela Petrobahia, em parceria com a Impacto Bioenergia, a J&H Sementes e a ICM. A iniciativa vai instalar, na Bahia, a primeira biorrefinaria do país para produção de etanol derivado de milho.

O governador do Estado, Jerônimo Rodrigues, autorizou o início do processo para recuperação de trechos da BA-592, que será um importante rota de transporte de carga na mesma região onde a usina será instalada, entre os municípios baianos de Correntina e Jaborandi. Thiago Andrade comemorou o anúncio, que impulsiona o desenvolvimento do projeto da Petrobahia e de suas parceiras na iniciativa. “A estrada é uma peça fundamental para a viabilidade do projeto. Todos os sinais estão caminhando para que isso seja um projeto de muito sucesso”.

A novidade também foi comemorada pelos parceiros da Petrobahia no empreendimento. A biorrefinaria vai integrar produção de combustível e alimentos, além de gerar desenvolvimento, emprego e renda para a região. “Essa estrada é extremamente necessária para o setor de produção e também para o nosso objetivo, que estamos iniciando, no sentido de verticalizar a nossa produção, agregar valor aos produtos, colaborar com o estado e gerar novas oportunidades”, avaliou Harald Kudiess, da JH Sementes.

Seguiu na mesma linha de valorização do projeto o diretor da Usina Impacto, Manoel Carnaúba, que destacou a contribuição da iniciativa para o desenvolvimento sustentável. “Essa ordem de serviço do governador define o ingresso daquela região de Jaborandi em um programa de descarbonização, levando o Oeste da Bahia para a vanguarda da produção de biocombustíveis no nosso estado”, ressaltou Manoel, que também é presidente do Conselho de Administração da Petrobahia.

Crédito – Mauricio Simões.
Crédito – Mauricio Simões.

Bruno Ganem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close