Reabilitação tem papel importante na melhora da qualidade de vida de pacientes com dores nas costas e outros problemas ortopédicos

Foto Divulgação_Centro de Fisioterapia do HOE

Hospital Ortopédico do Estado, unidade 100% SUS administrada pelo Einstein, atende diariamente pacientes com dores relacionadas a maus hábitos do dia a dia   

Salvador, 27 de junho de 2024 – As dores nas costas dificultam a movimentação e principalmente a qualidade de vida da população. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de pessoas que sofrem com o problema no mundo poderá chegar a 843 milhões até 2050. Os motoristas profissionais são exemplos de uma classe afetada pela enfermidade. Sono de má qualidade, estresse no trânsito, tensão e postura inadequada ao dirigir são fatores que contribuem com a piora dessas dores.  

Foi o caso de Janderson, motorista de aplicativo que já sente dores nas costas há pelo menos 10 anos, e que pioraram ao longo do tempo, diante do volume de horas em que fica atrás do volante. Para diminuir o incômodo, Janderson faz sessões de reabilitação duas vezes na semana no Hospital Ortopédico do Estado – unidade 100% SUS administrada pelo Einstein, em Salvador. “Estou conseguindo ter noites de sono mais tranquilas nos dias em que faço as sessões de fisioterapia”.  

Ficar sentado por muito tempo pode causar uma sobrecarga nos discos intervertebrais, gerando dor. Mas esse não é o único problema. Segundo o Dr. Nicklas Söderberg, gerente médico do Hospital Ortopédico do Estado, as doenças desencadeadas são muitas. “Ficar muito tempo sentado em uma única posição pode gerar dores em todo o corpo, como joelho, quadril, ombros e coluna. Neste cenário, a prática de exercícios físicos é uma grande aliada para fortalecer a musculatura e evitar essas dores”.  

ç 

O estilo de vida moderno também vem desencadeando novos problemas. Hábitos como o uso de eletrônicos e passar muitas horas em frente ao computador podem causar inúmeras dores. A preocupação com a postura deve ser constante para evitar esses males. “Alongar o corpo, os punhos e as pernas ao longo do dia pode ser uma alternativa para minimizar os efeitos desses hábitos, evitando assim uma tendinite ou uma Lesão Por Esforço Repetitivo (LER)”, alerta Dr. Niklas.   

O Hospital Ortopédico do Estado, que atende pacientes do SUS exclusivamente por meio da central de regulação, possui uma área dedicada à reabilitação dos pacientes com diferentes tipos de problemas relacionados à ortopedia. O espaço conta com equipamentos modernos para a prática de exercícios de fisioterapia, além de uma piscina terapêutica aquecida. Com essa estrutura, o hospital está habilitado para atender desde os casos mais simples até os mais complexos em reabilitação ortopédica.   

  

Mais de 2.400 pacientes já passaram pelo centro de reabilitação do hospital. O atendimento é feito por um time multidisciplinar, com fisioterapeutas, educadores físicos, fonoaudiólogos, psicólogos e terapeutas ocupacionais, que trabalham juntos pelo sucesso terapêutico e evolução do tratamento. “Essa troca é essencial para as tomadas de decisões e otimização do processo, estabelecendo assim um rápido retorno dos pacientes para suas atividades”, destaca Dr. Niklas. 

Sobre o Hospital Ortopédico do Estado 

Inaugurado em 04 de março de 2024, o Hospital Ortopédico do Estado, unidade do Governo do Estado da Bahia gerida pelo Einstein, tem estrutura montada para ser o maior hospital estadual especializado em Ortopedia e Traumatologia do Brasil. Localizado no bairro do Cabula, em Salvador, oferece serviços ambulatoriais e hospitalares 100% regulados, referenciados pela Central Estadual de Regulação nas situações de Urgência e Emergência, e pelo Sistema Lista Única em casos eletivos.  

  

A unidade conta com 212 leitos e está equipada com a mais moderna tecnologia para diagnóstico, tratamento e reabilitação de pacientes nas áreas de traumatologia, ortopedia e medicina esportiva. Além de 13 salas cirúrgicas, o hospital possui ressonância magnética, tomografia, ultrassom, raio-x e uma piscina aquecida para fisioterapia aquática.  

  

O Hospital Ortopédico do Estado é a primeira unidade hospitalar administrada pelo Einstein na região Nordeste. Fundado em 1955, o Einstein é uma sociedade civil sem fins lucrativos dedicada à assistência à saúde, ensino, pesquisa e inovação e responsabilidade social, e trabalha para melhorar a equidade da saúde no país. 

Imprensa Darana RP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close