Número de idosos que usam Internet cresce 43,6% na Bahia, aponta IBGE

Foto: Thinkstock

Entre os últimos trimestres de 2019 e 2021, o mundo viveu uma pandemia que obrigou muitas pessoas a ficarem em suas casas e recorrer à Internet para uma grande parte das atividades do dia a dia. Os idosos, mais vulneráveis, tiveram maior adesão ao isolamento social. Não foi à toa que, nesses dois anos, na Bahia, o número de internautas tenha tido sua maior taxa de crescimento e o segundo maior aumento absoluto justamente na população de 60 anos ou mais de idade.

De uma forma geral, entre as pessoas de 10 anos ou mais de idade, o total das que acessaram a Internet, no estado, cresceu 11,5%, de 9,244 milhões no fim de 2019, para 10,309 milhões no quarto trimestre do ano passado – o que representou mais 1,065 milhão de baianas e baianos usando a Internet, nesses dois anos. Quase 3 de cada 10 desses novos usuários foram idosos.

Entre as pessoas de 60 anos ou mais de idade, o número das que acessaram a Internet pulou de 715 mil para 1,027 milhão, entre 2019 e 2021, um crescimento de 43,6%, que representou mais 312 mil usando a Rede nos dois anos mais graves da pandemia. Os idosos tiveram, no estado, a maior taxa de crescimento e o segundo maior aumento absoluto no número de internautas – neste último caso, abaixo apenas do registrado na faixa etária de 40 a 49 anos (+344 mil internautas, ou +22,5%).

Com o aumento frente ao pré-pandemia, 1 em cada 10 pessoas que acessaram a Internet na Bahia, em 2021, tinha 60 anos ou mais de idade: 10,0% dos internautas do estado. Em 2019, os idosos eram 7,7% do total. Além disso, os 1,027 milhão de idosos baianos que acessaram a Internet em 2021 representavam quase metade da população acima de 60 anos (47,6%).

Considerando todas as pessoas de 10 anos ou mais de idade, quase 8 em cada 10 baianas e baianos acessaram a Internet (79,7%) em 2021. Apesar de ter crescido frente a 2019, quando era de 72,6%, o percentual de internautas no estado estava abaixo do nacional e era o 9o menor do país.

Frente ao cenário de 2019, quando tinha o 11o menor percentual de pessoas que acessavam a Internet, a Bahia caiu duas posições no ranking nacional, sendo ultrapassada por Tocantins (81,2% de internautas) e Pernambuco (80,1%).

No Brasil como um todo, 84,7% das pessoas de 10 anos ou mais de idade acessaram a Internet no último trimestre de 2021 (155,707 milhões). As maiores proporções de internautas estavam no Distrito Federal (95,6%), em São Paulo (91,0%) e Goiás (89,2%), e as menores, no Maranhão (71,8%), Amazonas (72,7%) e Pará (73,4%). *IBGE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close