Mais de 179 mil estudantes são beneficiados com monitoria do Programa Mais Estudo

 

Mais de 179 mil estudantes da rede estadual de ensino receberam a monitoria do programa Mais Estudo, neste ano letivo 2020/21 e receberam reforço dos colegas nos estudos e aprendizagens em Língua Portuguesa, Matemática e Educação Científica. Nesta sexta-feira (10), monitores do programa participaram de uma live promovida pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), com o objetivo de apresentar suas experiências. O encontro pode ser conferido no endereço https://bit.ly/3rQY55v.

Iniciado em 2019, na fase piloto, o Programa Mais Estudo foi instituído pela Lei Estadual nº 14.306, de 12 de fevereiro de 2021.  Os monitores recebem bolsa de R$ 100 por mês. Para 2021, foi reservado um orçamento de mais de R$ 10 milhões para o programa, com recursos próprios do Estado, e ofertadas 52 mil vagas.

O monitor de Matemática, Carsten Santos, 19, 3º ano, do Colégio Polivalente Monsenhor Luiz Ferreira de Brito, em São Sebastião do Passé, falou que o programa tem impactado positivamente na sua vida e na dos colegas. “A monitoria tem que ser algo que dê impacto tanto para quem recebe, quanto para quem ministra as aulas. Eu, por exemplo, consegui ajudar várias pessoas monitoradas e também fui impactado, pois aprendi assuntos novos e revisei outros que não tinha familiaridade, a exemplo de frações e conteúdos de geometria plana”, revelou.

Já a monitora de Língua Portuguesa, Fernanda Michelly de Jesus, 17, 3º ano, da Escola Família Agrícola José Nunes da Mata, em Angical, afirmou que é gratificante ser monitora e ver o resultado nos colegas. “Vejo a monitoria como uma oportunidade não só de receber uma bolsa, mas de ajudar os colegas que possuem dificuldades nas disciplinas. Eles se sentem confortáveis em encontrar alguém mais próximo, que vai entendê-los e fazer com que compreendam melhor os assuntos”.

Já o estudante João Pedro Ramos, 17, 2º, que atua como monitor de Língua Portuguesa, no Centro Educacional São Sebastião, em Caturama, destacou os assuntos discutidos no encontro e disse que os monitores estarão apostos para contribuir com os colegas até o final do ano letivo. “Tivemos a oportunidade de um diálogo, no qual abordamos sobre o último relatório, sugerindo o que os monitores podem trazer de conteúdo para ajudar os colegas nas provas, além de conselhos para que possam construir mais carga horária nesta reta final”, disse.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close