Valença: Homem morre em confronto com a Polícia Civil no Jequiriçá

Na madrugada desta terça feira 16/06, nas proximidades do Colégio Bernardo Lapa, Jequiriça, os investigadores da 5ª COORPIN deram cumprimento a dois mandados de prisão expedidos pela 1ª Vara Crime de Valença em desfavor dos suspeitos de terem praticado um latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou a senhora Maximiana Evangelista de 76 anos, na madrugada do dia 26.04.20 na região do Tabuleiro do Jequiriça, em Valença-Ba.

Um dos acusados encontra-se preso temporariamente para interrogatório e demais diligências, enquanto o outro acusado resistiu a prisão atirando nos policiais e foi ferido, o mesmo foi socorrido até a Santa Casa de Misericordia todavia não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local.

O citado era conhecido da polícia suspeito de pelo menos dois homicídios, roubos e tráfico de drogas, integrava a antiga quadrilha de Junior e Tiago Boy que aterrorizavam a Zona Rural de Valença.

Com o suspeito que veio a óbito foram encontrados: 4 armas de fogo sendo: 1 revolver calibre 32 municiado; 1 espingarda calibre 12; 1 espingarda calibre 28; 1 arma artesanal calibre 38; Vasta munição de diversos calibres; 133 trouxas de maconha; 2 balanças de precisão; 2 cadernos de anotações referentes ao tráfico de drogas; celulares e chaves de dois veículos sendo de um carro e de uma moto, que os investigadores apuram se pertecem há algum veículo roubado.

O preso está detido na sede da 1ª Delegacia Territorial Valença e após investigações poderá responder em liberdade ou ter sua prisão convertida em preventiva.

Policia Civil 5ª COORPIN/Valença..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close