Três suspeitos morrem e dois são presos na operação Baía de Todos-os-Santos

Três homens morreram e dois foram presos em confronto com policiais durante a operação Baía de Todos-os-Santos 2, de combate ao tráfico de drogas nas Ilhas de Maré, dos Frades, Paramana e Bom Jesus dos Passos. A ação, das polícias Civil e Militar, aconteceu na madrugada desta quinta-feira (14).

As informações foram divulgadas pela delegada Marcele Guerra, da delegacia de Madre de Deus, região metropolitana de Salvador, durante uma entrevista coletiva na sede do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), no bairro da Pituba, na capital baiana.

A Polícia Civil chegou aos suspeitos após denúncias anônimas. A operação contou com a participação do cão Ende.

Segundo a delegada Marcele Guerra, Samuel Nunes da Silva Neto, de 23 anos, morreu após um “auto de resistência”, na ilha de Bom Jesus dos Passos.

Durante a abordagem, Raimundo Farias Cidade Júnior, conhecido como “Cabeção”, de 33 anos, e Vandézio Pereira da Silva, o ” Vando”, de 27 anos, foram presos.

A delegada informou que outros dois homens, que ainda não foram identificados, morreram em confronto com os policiais, na Ilha de Maré.

Operação contou com a participação do cão Ende — Foto: João Souza/G1

Operação contou com a participação do cão Ende — Foto: João Souza/G1

De acordo com a delegada Marcele Guerra, os policiais militares apreenderam, na Ilha de Maré, um revólver calibre 38, uma pistola, um simulador de pistola, munições, além de uma quantidade de maconha, cocaína e crack.

Conforme a delegada, o grupo era investigado desde o ano passado. Outros integrantes são procurados.

Ainda segundo Marcele Guerra, as drogas chegavam nas ilhas através de embarcações. Os suspeitos, que negam a participação no grupo, podem responder por tráfico de drogas.

A delegada informou que o grupo ameaçava moradores das ilhas, furtavam lojas de materiais de construção e andavam armados pelas ruas.

A delegada Marcele Guerra ainda informou durante a coletiva que não há ocorrências de homicídios na região de Madre de Deus, desde agosto do ano passado. *As informações são do G1 Bahia.

Foto: reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close