Total de trabalhadores em situação semelhante à escravidão este ano já é o dobro de 2017

Mais de 1200 pessoas foram encontradas trabalhando em situação de escravidão entre janeiro e outubro deste ano no Brasil. Os dados são do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), responsável por coordenar a fiscalização deste tipo de prática e as operações de libertação. O total é quase o dobro do registrado em todo o ano de 2017.

Segundo o MTE, dos 1246 trabalhadores, 620 foram resgatados pelas equipes de auditores fiscais. Conforme a Agência Brasil, 651 trabalhadores foram formalizados e foram pagos R$ 1,7 milhão em verbas rescisórias. As ações chegaram a 159 estabelecimentos usando este tipo de trabalho.

No ano de 2017 o órgão identificou 645 pessoas em condições insalubres, sendo 639 resgatadas. Em 2016 foram 917 encontrados e 777 resgatados.

Foto: EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *