STJD suspende Mano Menezes por quatro partidas; Clayson pega um jogo de gancho

O técnico Mano Menezes, do Bahia, foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na tarde desta segunda-feira, por conta dos xingamentos direcionados à arbitragem na derrota por 1 a 0 para o Fluminense. A 1ª Comissão Disciplinar aplicou, por unanimidade, quatro jogos de suspensão para o treinador, que precisará cumprir a pena em jogos válidos pelo Campeonato Brasileiro. Cabe recurso da decisão.

Mano Menezes foi enquadrado no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata de ofender alguém em sua honra, por ter xingado o árbitro após o jogo. A pena varia de quatro a seis jogos de suspensão e ainda prevê multa de R$ 100 a R$ 100 mil.

Mano Menezes se recupera de Covid e não comanda o time contra o Unión Santa Fe, nesta terça-feira — Foto: Reprodução / Premiere

Mano Menezes se recupera de Covid e não comanda o time contra o Unión Santa Fe, nesta terça-feira — Foto: Reprodução / Premiere

Os xingamentos de Mano Menezes foram relatados na súmula da partida pelo árbitro José Mendonça da Silva Júnior.

– Informo que após o encerramento da partida, já no vestiário do estádio, tomei conhecimento de que o técnico da equipe Esporte Clube Bahia, senhor Luiz Antônio Venker Menezes, adentrou o campo de jogo proferindo as seguintes palavras aos seus atletas se referindo a minha pessoa: “deixa esse vagabundo aí, não quero que reclame com vagabundo não. Deixa roubar! ” pude constatar tal ato através de imagens gravadas da transmissão da partida e me senti ofendido em minha honra.

Com a suspensão, Mano Menezes ficará fora dos jogos contra Ceará, Palmeiras, Flamengo e Internacional. Diagnosticado com Covid, o treinador já não acompanhará de perto a partida contra o Unión Santa Fe, marcada para terça-feira, na Argentina. O Bahia pode requisitar um efeito suspensivo para que o técnico só cumpra a pena após o julgamento no Pleno do STJD.

Clayson suspenso

Além de Mano Menezes, o atacante Clayson também foi julgado pela 1ª Comissão Disciplinar nesta tarde. Por unanimidade, ele foi condenado a um jogo de suspensão por não usar máscara, o que vai de encontro ao protocolo definido pela Confederação Brasileira de Futebol, e por ofender o coordenador da partida contra o Athletico-PR.

Assim, o atacante desfalca o Bahia no jogo contra o Ceará, marcado para sábado, às 19h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 24ª rodada da Série A. *GE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close