Sport deixa empate escapar no fim do jogo e perde para Fluminense pelo Brasileirão

Em jogo de mais correria do que de técnica no Maracanã, o Fluminense bateu o Sport por 1 a 0, com gol de David Braz, que marcou de cabeça aos 50 minutos do segundo tempo. Com esses três pontos, o Tricolor vê o G-6 do Brasileiro mais de perto. O Rubro-negro se mantém no Z-4 nesta rodada e torce para o Bahia não vencer o São Paulo. A equipe ainda pode ser ultrapassada pelo Juventude.

Os donos da casa tomaram mais a iniciativa do jogo, mas faltou mais objetividade para criar e precisão na hora dos arremates. Já os pernambucanos se expuseram pouco e pareciam estar contentes com o empate. Na próxima terça (9), o Flu visita o Grêmio, às 21h30, na Arena do Grêmio. Na quarta (10), o Leão recebe o América-MG, 21h30, na Arena Pernambuco.

Quem foi bem: Luiz Henrique tenta carregar o Flu

O atacante formado na casa foi o jogador mais insinuante do Flu em campo. Pelo lado direito, o camisa 34 tentou abrir espaços na defesa do Sport e, apesar de ter sido impreciso nas conclusões, foi o tricolor mais aceso na partida e carimbou a trave de Mailson. O zagueiro Nino também foi destaque positivo. Cazares, que entrou no segundo tempo, melhorou a qualidade do passe.

De volta ao time titular após se recuperar de uma fissura no dedo do pé, o artilheiro Fred não deixou a sua marca de artilheiro. O camisa 9 até marcou, mas o VAR acusou impedimento de Samuel Xavier no lance. O atacante tentou algumas combinações com John Kennedy, mas ficou refém da falta de objetividade do time. Foi substituído por Caio Paulista.

O Fluminense foi superior praticamente durante todo o jogo, mas o time voltou a mostrar dificuldades na hora da criação e, quando conseguiu tramar algo, esbarrou na falta de capricho na hora de concluir. Contra um time que veio disposto a correr poucos riscos, o Tricolor teve suas melhores chances quando Cazares entrou no jogo. Com mais lucidez, o meia encontrou mais espaços, porém o time mostrou pouco repertório para chegar à vitória, embora tenha colecionado finalizações. No fim, a luta tricolor foi premiada.

O Sport entrou no jogo disposto a segurar o Flu e tentar o resultado no contra-ataque. Ocorre que os pernambucanos não encontraram essa jogada de velocidade e não levaram perigo algum para Marcos Felipe, com exceção em um chute de média distância de Hernanes na etapa inicial. No segundo tempo, o time até tentou trabalhar um pouco mais a bola e causou mais preocupação aos tricolores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close