Seleção Brasileira tem amistosos confirmados contra Panamá e República Tcheca

A Confederação Brasileira de Futebol confirmou os primeiros amistosos da Seleção Brasileira neste ano. Em preparação para a Copa América, a equipe de Tite escolheu Panamá e República Tcheca como adversários antes do torneio. A crítica de alguns torcedores é pela escolha por adversários de pouca expressão. No entanto, deve ser a oportunidade para o treinador testar novos convocados.

No dia 23 de março, o Brasil vai entrar em campo no Estádio do Dragão, em Portugal. A equipe vai fazer o primeiro jogo do ano contra o Panamá e deve ter um público de quase 50 mil torcedores. Já no dia 26, três dias depois, a equipe viaja até Praga para enfrentar a República Tcheca. O amistoso vai acontecer na Eden Arena, casa do Slavia Praga. O objetivo de Tite é manter os bons resultados do ano passado.

Se olharmos apenas para os números, o ano de 2018 foi extremamente positivo para a Seleção Brasileira. Apesar da eliminação na Copa do Mundo, a equipe praticamente venceu todos os jogos da temporada. Foram 15 partidas disputadas, sendo 13 vitórias, apenas uma derrota e um empate, como mostram os dados do portal oGol. Além disso, a defesa brasileira não levou um gol sequer nos amistosos e teve um aproveitamento de 87%, mas este é um número que esconde alguns problemas.

Enquanto conseguiu vencer todos os amistosos do ano, fazendo 21 gols e não levando nenhum, o Brasil rendeu abaixo do esperado nos jogos oficiais. Os dois únicos resultados ruins do ano foram na Copa do Mundo. O empate foi contra a Suíça, ainda pela fase de grupos do Mundial, e a derrota foi para a Bélgica, nas quartas de final do torneio. Após a competição, a equipe teve novos convocados, fez seis amistosos, e voltou a vencer.

Novidades e testes para Copa América

Os dois primeiros amistosos da Seleção em 2019 devem render algumas surpresas, principalmente para os torcedores. A comissão técnica já admitiu que deve testar novos convocados este ano, como mostra reportagem realizada pelo portal Globoesporte. O objetivo é ter um time com jovens jogadores em bom momento, como Vinícius Júnior e Felipe Anderson, mas que ainda não foram testados.

A pressão pelo favoritismo na Copa América tem feito Tite e outros membros técnicos se preocuparem com a temporada. Por ser o anfitrião do torneio, o Brasil é a seleção mais cotada para conquistar o título de campeão do continente, como mostram os números dos melhores portais de apostas. No dia 21 de fevereiro, a equipe tem 38,2% de chance, ficando na frente de Argentina, Chile, Colômbia e Uruguai.

No dia 18 de junho, o Brasil vai poder contar com calor do torcedor baiano. A equipe vai jogar na Arena Fonte Nova contra a Venezuela, e deve contar com mais de 50 mil torcedores nas arquibancadas. As outras duas partidas pela fase de grupos vão acontecer em São Paulo, sendo uma no Morumbi e a outra na Arena Corinthians. A expectativa é que a Seleção esqueça as eliminações recentes e consiga chegar até a final, no Maracanã.

Histórico dos confrontos

O Brasil já enfrentou o Panamá em quatro oportunidades, sendo três amistosos e um confronto pelo extinto Campeonato Pan-Americano. Aliás, foi neste torneio, em 1952, que os dois times jogaram pela primeira vez. A partida terminou em goleada de 5 a 0 para a Seleção Brasileira, algo que iria se repetir no segundo confronto, em 2001. Outra goleada, desta vez por 4 a 0, foi o resultado em 2004. No total, são quatro vitórias, com 16 gols marcados e nenhum sofrido.

Já o confronto contra a República Tcheca tem uma história longa, inclusive com final de Copa do Mundo. Antes da dissolução, o país era conhecido como Tchecoslováquia e tinha sucesso no futebol. O Brasil encarou os tchecos em 17 partidas, com 10 vitórias brasileiras, cinco empates e duas vitórias da seleção europeia. O jogo mais marcante foi em 1962, quando a Seleção Brasileira venceu por 3 a 1 na final da Copa do Mundo, e foi bicampeã mundial.

Com as duas partidas já confirmadas, a Seleção Brasileira vai ter o primeiro teste para o ano de 2019. Sem Neymar, que ainda se recupera de lesão, Tite vai ter a oportunidade de dar outros olhos para o elenco, principalmente pensando nos confrontos da Copa América. Por isso, vale a torcida e a atenção nos dois primeiros amistosos do Brasil.

Foto: CBF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close