Rui Costa quer que se discuta também contribuição dos ricos para saúde pública

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), disse que, além de se discutir a contribuição dos ricos para as universidades públicas, é preciso também debater a ajuda financeira de pessoas com poder aquisitivo para a saúde pública.

O petista argumentou que em países ricos se incentivam as pessoas com dinheiro a contribuírem com parte da fortuna. “É preciso discutir como os ricos podem contribuir com a saúde pública e a educação sem necessariamente instituir cobrança da mensalidade. As pessoas muito ricas nem fazem tratamento no Brasil. Fazem tratamento no exterior. Como essas pessoas podem contribuir para oferecer uma saúde melhor para população?”, perguntou, em entrevista à TV Record News.

Rui Costa afirmou, ainda, que há uma “inversão da pirâmide” no Brasil, pois, segundo ele, as pessoas que têm renda maior pagam menos do que os mais pobres proporcionalmente. “Esse é um grande mal”, frisou. *BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close