Rui Costa justifica suspensão do transporte intermunicipal na Bahia: ‘Não podemos jogar fora tudo o que foi feito’

O governador da Bahia, Rui Costa, disse na manhã desta quarta-feira (24), em entrevista ao Jornal da Manhã, que a suspensão do transporte intermunicipal durante o feriado da Semana Santa e Páscoa em todas as cidades do estado, tem o objetivo de “não jogar fora” os esforços feito pelo órgão estadual, prefeitos, comércio e população.

“Se a gente permitir que cidade que estão com alto índice de contaminação migrem para essas cidades, nós vamos jogar fora todo esforço feito até agora. Então é um sacrifício, sei que as pessoas gostam de viajar nesse período, rever amigos, parentes, mas é em nome do nosso esforço, meu, seu, de toda população, do comércio que ficou fechado. Então não podemos jogar fora tudo o que foi feito ao longo de muitas semanas por conta de uma viagem”, disse.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de quarta-feira (24). Segundo o Rui Costa, a suspensão começa a partir da meia-noite de quinta-feira (1º), para circulação e saída dos transportes, e partir das 9h do mesmo dia, serão suspensos a chegada de qualquer transporte intermunicipal. A medida segue até as 5h do dia 6 de abril.

“Não funcionará na quinta, sexta, sábado, domingo e segunda. Só volta a funcionar na terça, às 5h. O objetivo dessa suspensão é evitar aglomeração no transporte e evitar que cidades, que conseguiram depois de muito esforço, reduzir drasticamente, e hoje temos centenas de cidade, graças a Deus, com números muito baixos de contaminados”, explicou Rui Costa.

Rui Costa ressaltou que a suspensão dos transportes intermunicipais faz com que o número de pessoas que viajam diminua. Entretanto, ele se mostrou preocupado com quem decidir fazer os trajetos de carro.

“É preciso manter o distanciamento no sentido de diminuir a quantidade de pessoas que vão viajar. Muitas pessoas terminam viajando de carro, nós pedimos que as pessoas evitem viajar, porque as pessoas ficam contaminadas, muitos assintomáticas e podem acelerar de novo o número de casos se houver muitas pessoas viajando”, avaliou. *G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close