Ronaldo Fenômeno diz que concorrência na sua geração era maior do que a de Messi e CR7

Ronaldo Fenômeno diz que concorrência na sua geração era maior do que a de Messi e CR7

Melhor jogador do mundo da Fifa três vezes e dono de duas Bola de Ouro da revista France Football, o ex-jogador Ronaldo Fenômeno disse, ao jornal alemão Bild, que Lionel Messi e Cristiano Ronaldo não seriam os melhores do mundo com tanta frequência. Para o camisa 9 da Seleção Brasileira na conquista do pentacampeonato em 2002, a geração dos anos 90 e 2000 era mais forte do que a atual.

“Na minha geração, a competição era muito maior do que hoje em dia, sem querer diminuir a importância de Messi e Cristiano Ronaldo. Eles ainda vão brigar pelo título de melhor jogador do mundo nos próximos anos, mas na minha época tínhamos Zidane, Rivaldo, Figo, eu e depois o Ronaldinho. Aquela foi uma geração na qual ser o melhor era muito mais difícil”, declarou.

Ronaldo ainda comparou sua saída do Barcelona para a Inter de Milão em 1997 com a transferência de Neymar do clube catalão para o Paris Saint-Germain (PSG). “Não sei o que esteve por trás dessa transferência (de Neymar para o PSG). Talvez tenha sido um problema com a presidência do Barcelona, assim como aconteceu comigo em 1997. Só que, na época da minha transferência para a Inter, a liga italiana era muito mais forte que a francesa atualmente”, afirmou.

Ronaldo foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa nos anos de 1996, 1997 e 2002. E conquistou o prêmio da France Football em 1997 e 2002. *BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close