Roger discorda de vaias para Ezequiel

Sem Nino Paraíba, que não se recuperou completamente de um incômodo na coxa, o Bahia foi com Ezequiel como titular da lateral direita no jogo contra o Goiás no último domingo (18), na Arena Fonte Nova. Com duas semanas no clube, João Pedro, emprestado pelo Porto, assistiu o jogo do banco de reservas.

De acordo com o técnico Roger Machado, o fato de não usar o jogador passa pela parte física.

“João estava 30 dias de férias. Deve estar fechando a segunda semana de treinamento conosco. Jogador de força. Assim como Fenandão, Moisés. Esses jogadores precisam estar bem treinados do ponto de vista físico. Ele se colocar à disposição é sempre a vontade de poder ajudar. Mas existem algumas coisas que a liturgia e a hierarquia do processo precisam se respeitadas. E Ezequiel estava cumprindo bem”, declarou.

Assim como no jogo contra o Cruzeiro, Ezequiel não terminou a partida e foi substituído. Ao deixar o campo, ele foi vaiado por parte da torcida. Roger não concordou com a repreensão dos tricolores e afirmou que o jogador é “extremamente regular”.

“Achei um pouco pesado as vaias para o Ezequiel. Pode não ser um jogador que vá desequilibrar no jogo, mas faz muito bem o seu papel. É um jogador extremamente regular e que pega jogadores que são muito rápidos. Conto muito com o Ezequiel”, declarou.

Para a partida contra o Atlético-MG no próximo sábado (24), o Esquadrão de Aço não terá Ezequiel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Roger Machado deve ter Nino e João Pedro como opções. *BN

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close