Prova de vida do INSS só será exigida em 2021

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informou que não vai bloquear benefícios por falta de prova de vida até janeiro 2021 para os beneficiários que, em condições normais, precisariam ter realizado o recadastramento de senha entre março e novembro ou, ainda, fazer o procedimento em dezembro deste ano.

A prorrogação da liberação da exigência por novembro e dezembro deve ser oficializada nesta segunda-feira, 30, data em que estava prevista a retomada dos bloqueios. Normalmente prova de vida do INSS deve ser feita anualmente, na rede bancária, pelo beneficiário que recebe por meio de conta-corrente, poupança ou cartão magnético.

O segurado que quiser ou, eventualmente, for ao banco, poderá fazer a comprovação de que está vivo, segundo o INSS. O órgão ressalta que quem for a uma instituição bancária deve seguir os cuidados recomendados para evitar contágio do coronavírus. Pessoas do grupo de risco devem evitar sair de casa.

Quando a exigência for retomada, quem não comprovar que está vivo tem a renda bloqueada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close