Programa de Atenção à Saúde e Valorização do Professor realiza atendimento psicológico e promove oficinas on-line sobre autoacolhimento

 

Em uma ação voltada para o cuidado com a saúde mental dos professores e colaboradores dos Núcleos Territoriais de Educação (NTEs) e das unidades escolares, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC), através do Programa de Atenção à Saúde e Valorização do Professor, está realizando uma série de oficinas on-line com psicólogos, reforçando a importância do autoacolhimento. Nesta terça-feira (14), a atividade, viabilizada através da plataforma Google Meet, contou com a participação dos professores das escolas ligadas ao Núcleo Territorial de Ipirá (NTE 15), bem como dos educadores dos colégios estaduais Padre José Vasconcelos, em Salvador, e de Barra do Pojuca, em Camaçari.

 

Além das oficinas, os professores e servidores da rede estadual de ensino podem solicitar atendimento psicológico on-line individualizado, através do e-mail saudedoprofessor@enova.educacao.ba.gov.br. Para isso, é necessário informar a matrícula, o nome, o telefone e a escola em que está lotado.

 

A superintendente de Recursos Humanos da Educação, Maria do Rosário Muricy, ressaltou a ampliação das ações. “Nesta fase inicial, estamos fazendo as oficinas on-line para acolhimento da rede e serão realizadas com os professores e servidores de todos os NTEs. Já temos confirmadas 20 oficinas on-line, com a temática “Acolhimento em tempos de recolhimento”. Além disso, estamos também com os atendimentos individualizados, que já atingimos o total de 847 consultas realizadas em toda a rede, envolvendo professores e servidores de 109 municípios do nosso Estado”.

 

Para o professor de Inglês e Espanhol, Ricardo Thadeu Souza, do Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) da Bacia do Jacuípe II João Campos, localizado em Riachão do Jacuípe, as oficinas e os atendimentos com psicólogos são essenciais. “Tendo em vista o atual cenário global, creio que esta inciativa foi de grande valia para os profissionais da Educação. Dialogar com um psicólogo sobre a importância da saúde mental e experienciar com ele e com os colegas um momento de autoacolhimento é, sem dúvida, uma ocasião ímpar nestes tempos de recolhimento”.

 

A psicóloga Lorena de Santana, que integra a equipe de profissionais da SEC, abordou em uma das oficinas a importância do acolhimento emocional. “Enfatizei a questão do enfrentamento e dos cuidados em meio à pandemia e dialoguei sobre a importância do acolhimento emocional. A saúde emocional, ou seja, mental, descreve nossos estados sociais, emocionais e psicológicos. Então, cuidar da saúde mental é tão importante quanto cuidar da saúde física, pois é um agravante para algumas doenças clínicas e problemas emocionais que podem interferir negativamente nos relacionamentos sociais”.

 

Atendimento psicológico – Após a solicitação via e-mail e o agendamento, o educador ou o funcionário é direcionado a um psicólogo para o atendimento, que é realizado por telefone, WhatsApp ou Google Meet, com horário marcado e de acordo com a disponibilidade da agenda. O procedimento, autorizado pelo Conselho de Psicologia, visa continuar proporcionando auxílio e cuidado emocional aos educadores, considerando o período de isolamento social devido à pandemia do novo Coronavírus.

 

Sobre o programa – O Programa de Valorização e Saúde do Professor tem a proposta de reabilitar, prevenir e promover a saúde do docente, prestando assistência e apoio a esses profissionais no desempenho de suas atividades. O programa oferece serviços gratuitos nas áreas de Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Serviço Social e Psicologia. O programa vem promovendo, ainda, campanhas, a exemplo do Setembro Amarelo, de prevenção ao suicídio; Outubro Rosa; e Novembro Azul, realizadas em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado.

 

Foto: Divulgação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close