PRF encerra quarta fase da Operação Tamoio e frustra ações criminosas nas rodovias federais da Bahia

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou, no último domingo (16), a quarta fase da Operação Tamoio, que teve como foco o enfrentamento à criminalidade nas rodovias federais de todo o país. A ação iniciou nas primeiras horas de sexta-feira (14) e contou com efetivo especializado e capacitado no combate ao tráfico de entorpecentes e demais ilícitos penais.

O combate à criminalidade faz parte da rotina PRF, desde as abordagens no serviço ordinário à operações temáticas nacionais e regionais.

Durante os três dias de atividades, o policiamento foi auxiliado com informações de inteligência policial e desde então as abordagens passaram a ser mais assertivas, o que têm se mostrado um diferencial no enfrentamento ao tráfico de drogas dentro e fora das Brs. A ideia é enfraquecer a estrutura logística e financeira do crime organizado.

Em uma das ocorrências, o cão farejador da PRF K9 Fridel sinalizou presença de drogas CLIQUE AQUI durante abordagem a um ônibus interestadual que seguia de Diadema (SP) com destino a Boa Viagem (CE). O flagrante aconteceu na noite de domingo (16), em trecho de Barreiras (BA). Na bagagem da passageira foram encontrados seis quilos de maconha, que estavam acondicionados em sacos de arroz.

A PRF na Bahia recuperou 06 veículos roubados, furtados ou clonados. Outros 07 veículos adulterados foram apreendidos no período. Chamou a atenção dos policiais uma ocorrência registrada no sábado (15), em Jequié. Durante abordagem a um caminhão F-4000, os agentes constataram que o número do chassi estava adulterado e foi regravado com o VIN que pertence a uma ambulância do Batalhão do Exército Brasileiro sediada no estado do Maranhão, situação confirmada após contato com aquela unidade militar.

Merece destaque também a recuperação de uma caminhonete Saveiro. A ação aconteceu domingo (16) em trecho do município de Paulo Afonso. O legítimo proprietário ao saber da notícia que seria restituído o seu veículo fez questão de enviar um áudio  para os policiais agradecendo a condução do ocorrido e relatou que não tinha seguro. Ficou extremamente feliz e disse que o veículo é utilizado em atividades profissionais.

A quantidade de pessoas presas alcançou 24, por crimes como tráfico de drogas, contrabando, roubo, receptação de veículo, mandados de prisão em aberto, uso de documento falso. Um dos mandados cumprido foi de um fugitivo do sistema prisional de Londrina (PR). Os PRFs descobriram que o homem de 32 anos era foragido do Centro de Reintegração Social de Londrina, fuga ocorrida no mês passado, após aproveitar-se do momento de abertura da galeria para entrega do jantar, pulou o portão e tomou rumo ignorado. Ele foi preso e entregue à Justiça para continuidade do cumprimento da pena pelos crimes de tráfico de drogas e receptação.

Além disso foi apreendido um revólver ‘carregado’ com cinco munições. O fato ocorreu na noite de domingo (16), em uma abordagem na BR 407, trecho do município de Juazeiro, no norte baiano. Tudo começou após o motorista de uma S10 desrespeitar o comando de parada e empreender fuga na rodovia, que se prolongou por seis quilômetros. Após ser interceptado, o homem de 57 anos, apresentava sinais evidentes de embriaguez ao volante, pois apresentava dificuldade no equilíbrio, olhos vermelhos, forte odor de álcool no hálito, gestos e fala alterados. Os policiais descobriram também que o condutor transitava com um veículo roubado e CRLV falsificado. Ele foi preso e apresentado na Delegacia pelos crimes Dirigir sob influência de álcool; uso documento falso; receptação e porte ilegal de arma de fogo.

Houve também a apreensão de 44.000 litros de combustível que estavam com um nota fiscal fraudada, configurando crime de sonegação fiscal.

A Operação Tamoio está em sua quarta fase e é realizada pela PRF simultaneamente em todo país. O objetivo principal é enfraquecer as organizações criminosas que atuam em todo território nacional e garantir maior segurança à população. *PRF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close