PGE notificará candidaturas com indícios de laranja antes do Carnaval

A Procuradoria-Geral Eleitoral da Bahia (PGE) espera ouvir até esta quarta-feira (27) candidatos das eleições de 2018 que apresentam indícios de candidaturas laranja ou irregularidades na prestação de contas eleitorais.

O procurador Regional Eleitoral Cláudio Gusmão antecipou o fim do prazo para a prestação das contas dos candidatos e partidos, que acontece em junho, e pediu ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) o levantamento das candidaturas que receberam recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha. Os dados serão cruzados com a respectiva quantidade de votos obtida.

Com as informações em mãos, o procurador estabelecerá parâmetros para buscar irregularidades nas contas de candidatos em 2018.

Cairá na “malha fina” na PGE, postulantes que receberam a partir de R$ 50 mil e os cinco candidatos que tiveram o maior repasse de valor do fundo partidário, por partido. “Não posso analisar todos os candidatos, por isso vamos investigar quem recebeu valores altos e não prestou contas”, disse.

Em fase mais avançada na investigação de duas denúncias, a PGE espera ouvir um candidato com contas irregulares e um prestador de serviços para um partido que também demonstrou sinais de desvios antes do Carnaval. “O ideal é adiantarmos o máximo para evitar que essas pessoas dificultem a notificação ou sejam orientadas a subtrair documentos”, revelou.

Com a análise, a PGE espera identificar casos de desvios do uso de dinheiro público destinados à campanha eleitoral. Na última semana o Bahia Notícias revelou que uma gráfica ligada ao DC recebeu mais de R$ 350 mil em verba pública para o fornecimento de material de campanha para quatro candidatas do partido com indícios de candidaturas laranjas nas Eleições 2018. O caso será investigado pela PGE.  *As informações são do Bahia Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com