Morre, em Salvador, Cira do Acarajé

Morreu, na manhã desta sexta-feira (4), Jaciara de Jesus Santos, mais conhecida como Cira do Acarajé, uma das mais renomadas baianas do país. A informação foi confirmada ao Bahia Notícias pela Associação Nacional das Baianas de Acarajé (Abam).

Ela estava internada no Hospital São Rafael, em Salvador. A causa da morte ainda não foi divulgada, mas Cira sofria de problemas renais.

Presidente da Abam, Rita Santos lamentou o falecimento de Cira. “Para nós, nós perdemos um ícone. Toda vez que se morre uma baiana, se perde uma estrela. Era uma alma muito boa”, afirmou.

Ao lado de Dinha e Regina, Cira foi uma das baianas de acarajé mais procuradas de Salvador. Ela dava nome a dois pontos de venda dos quitutes na capital baiana: o mais famoso em Itapuã, na Rua Aristides Milton, em frente à Ladeira do Abaeté, e outro no Largo da Mariquita, no Rio Vermelho. O sucesso era tamanho que seu acarajé foi eleito por 15 vezes o melhor da capital baiana pela premiação Veja Comer e Beber.

Em entrevista ao G1BA, no ano passado, a quituteira contou que há 50 anos fazia acarajé, trabalho que lhe deu condições para criar seus filhos e a colocou entre as melhores profissionais do ramo. Na época, ela disse ter 35 funcionários trabalhando em quatro quiosques.

Sua morte ocorre justamente neste 4 de dezembro, dia de Santa Bárbara. No sincretismo afro-brasileiro, a santa é relacionada a Iansã, orixá considerada a mãe das baianas de acarajé. (Bahia Notícias)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close