Melhor brasileiro na neve, jovem de 15 anos mira ir à Paralimpíada no atletismo




por Estadão Conteúdo

Depois de conseguir o melhor resultado do Brasil na história dos Jogos de Inverno, o garoto Cristian Ribera, de apenas 15 anos, agora se concentrará na tentativa de disputar os Jogos de Verão. Sua meta, assim que retomar os treinos em Jundiaí, no interior de São Paulo, é buscar índice no atletismo para cadeirantes.

Cristian já disputa o circuito nacional nos 100m, 400m e 1500m rasos. Ele é realista e sabe que participar dos Jogos de Tóquio, em 2020, não vai ser fácil. “Quase impossível, mas na outra vou estar em melhores condições, mais experiente. Seria uma honra representar o Brasil também em uma Paralimpíada de Verão”, disse em entrevista ao Estado.

O sonho inicial de participar de uma edição dos Jogos Paralímpicos, no entanto, ele realizou precocemente. E com um feito histórico. Na última semana, o atleta mais novo dos Jogos de Pyeongchang terminou em sexto lugar nos 15km do esqui cross-country sit (adaptado para quem não tem mobilidade das pernas).

Nunca um atleta brasileiro, paralímpico ou não, chegou tão perto de um pódio nos Jogos de Inverno. O melhor resultado era o de Isabel Clark, com o nono lugar no snowboard em 2002, em Salt Lake City.

Foto: Marcio Rodrigues/CPB/MPIX)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *