Mega da Virada promete premiação recorde

Os maiores prêmios entregues por uma loteria, no Brasil, costumam acontecer no último dia do ano. Os ganhadores iniciam o ano novo com a vida totalmente modificada. Trata-se da Mega da Virada, sorteada momentos antes do Réveillon e que mobiliza todo o país. Pobres e ricos, nordestinos e sulistas, não há distinção, todos querem ficar ricos!

A premiação de 2019 já se aproxima e aumenta o alvoroço em torno do valor a ser distribuído, que vai começar partindo dos 300 milhões de reais. Pode até aumentar, se os apostadores se animarem muito e apostarem além do montante que a Caixa Econômica determinou como o previsto.

A história da Mega da Virada se iniciou há 10 anos, quando o sorteio especial foi pensado e colocado em atividade. Hoje, já existem outros prêmios especiais – como a Quina de São João, Lotofácil da Independência e a Dupla Sena de Páscoa, além de alguns eventos especiais como a Quina de Carnaval – mas nada sequer se aproxima da Mega da Virada.

A maior diferença entre um sorteio comum e o especial é o fato dele não acumular nunca. A bolada sairá de qualquer maneira, mesmo que ninguém tenha acertado os 6 números escolhidos. O dinheiro será distribuído entre aqueles que marcarem 5 dos 6 números sorteados, o que costuma aumentar a quantidade de contemplados e diminuir o valor para cada um deles.

Foi o caso da Mega de 2018, que pagou uma bela quantidade de dinheiro a 52 bilhetes. Cada um ficou com cerca de 6 milhões de reais, mesmo tendo marcado apenas 5 números certos, uma sorte dupla! O maior valor pago por uma modalidade lotérica no Brasil aconteceu justamente no Réveillon anterior, em 2017. 306 milhões foram divididos por 17 bilhetes.

A Mega da Virada deste ano tem tudo para quebrar o recorde. 2019 está se tornando um dos anos que mais entregou grandes quantias, inclusive. A Lotofácil de Independência pagou quase 100 milhões de reais, em setembro. O maior valor entregue individualmente foi também este ano. 295 milhões de reais para somente um único apostador – que jogou via internet – após a premiação acumular mais de 10 sorteios consecutivos.

Se é que ainda existe alguém que não saiba, a Megasena normal tem dois sorteios semanais, onde o apostador escolhe pelo menos 6 números – pode chegar até a 15, mas o valor pago em um único bilhete é muito alto. O ideal é fazer uma aposta com amigos e colegas de trabalho, caso queira marcar 9, 10 deles – entre 60 disponibilizados por tíquete e custa R$ 3,50 reais.

Os sorteios (as terças e sábados) são realizados abertamente, muitas vezes em praças públicas, nas mais diversas cidades do país. Qualquer cidadão pode presenciar e existe fiscalização de órgãos independentes do governo e da sociedade civil. O nome dos vencedores não são divulgados por questão de segurança, mas estão arquivados na sede da Caixa, em Brasília.

A loteria brasileira – em qualquer uma das cerca de 10 modalidades – é extremamente segura.  As tentativas de burlar o sistema foram rapidamente barradas e punidas pela Polícia Federal, como no caso da apostadora que claramente falsificou um bilhete e quis receber o prêmio acumulado da Mega, mas que não convenceu ninguém.

Ao todo, apenas a Megasena já pagou mais de 8 bilhões de reais ao longo dos últimos 25 anos. Só 35% do valor arrecadado em cada sorteio é entregue aos jogadores. Os outros 65% são distribuídos em serviços sociais que ajudam toda a população brasileira. Financiam a educação, o esporte, a construção e manutenção de presídios, além de casas populares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com