Maserati raríssimo e enferrujado é vendido por R$ 2,2 milhões

MASERATI 5000 GT FOI O ÚNICO EXEMPLAR CONSTRUÍDO PELA GHIA (FOTO: DIVULGAÇÃO)

Há clientes e clientes. Nos anos 50, Mohammed Reza Pahlavi, então xá do Irã, se aproximou da italiana Maserati e pediu que eles fizessem um cupê 3500 GT com o novo (e mais forte) motor V8 que equiparia o 450S de corrida. Ele logo foi atendido pelo fabricante.

Pouco conhecida no Brasil, a Maserati vende alguns dos seus modelos no mercado nacional. Embora pertença ao grupo FCA (Fiat Chrysler Automobiles), a italiana fica em um nível logo abaixo da Ferrari e utiliza também motores fabricados pela famosa marca.

Após receber a “ordem” do xá do Irã, a marca reforçou o chassi do cupê 3500 GT, colocou freios a disco dianteiros e embutiu o V8 no cofre. O oito cilindros teve litragem ampliada de 4,5 litros para 4,9 litros, o suficiente para extrair até 370 cv e 45 kgfm de torque.

Foi justamente um desses modelos que surgiu no último leilão da RM Sotheby’s. Mesmo em estado de ruína, o carro foi leiloado por 533 mil dólares, o equivalente a cerca de R$ 2,2 milhões. (Revista Auto Esporte)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close