Jovem baiano com leucemia busca ajuda para tratamento; dose da medicação custa R$ 10 mil

Um jovem baiano de 18 anos diagnosticado com leucemia linfoide aguda, o tipo de câncer mais comum na infância segundo os especialistas, está em busca de ajuda para custear o tratamento. Kaio Ferraz precisa de R$ 240 mil já que tem que tomar 24 doses de um remédio que custa R$ 10 mil cada dose, segundo conta a família dele, que mora em Vitória da Conquista, no sudoeste baiano.

Diante da necessidade do tratamento e como a família precisa de ajuda para pagar, eles decidiram fazer uma campanha na internet para ajudar o jovem.

“Juntando com as doações nas contas, temos um total de R$ 120 e nossa meta é R$ 240 mil. O apoio de todo mundo tem fortalecido a gente. Ver a união é o amor de Deus, porque tem muita gente se unindo por Kaio”, disse a irmã do jovem.

Família de Kaio é de Vitória da Conquista e está fazendo campanha pra jovem fazer tratamento — Foto: Reprodução/TV Sudoeste

Família de Kaio é de Vitória da Conquista e está fazendo campanha pra jovem fazer tratamento — Foto: Reprodução/TV Sudoeste

Kaio foi diagnosticado há três anos com a doença, quando ainda tinha 15 anos. Ele chegou a fazer um tratamento em Itabuna, no sul do estado, ficou sem sinais da doença na medula óssea, mas teve a volta da leucemia e precisou fazer o transplante. Agora, o jovem faz tratamento em um hospital de Recife (PE).

“Minha irmã foi 100% compatível com ele e em novembro de 2020 ele fez o transplante”, conta Daiane Lacerda Ferraz, irmã de Kaio.

Após o transplante, a expectativa da família e do paciente era que o jovem ficasse curado, mas não foi o que aconteceu. A médica oncologista, Teresa Cardoso, explica que Kaio teve o que os médicos chamam de recidiva precoce (volta precoce da doença), que foi identificada no dia 50 após o transplante de medula.

Agora, Kaio precisa ser submetido a outro transplante, mas antes deve estabilizar as células. O tratamento indicado é uma imunoterapia.

“Nesses casos, o tratamento adequado, além da quimioterapia é a medicação que usa a imunoterapia. Essas são as novas medicações que estão vindo para leucemia linfocítica aguda”, explica a médica.

A família de Kaio segue na esperança de que o jovem seja logo submetido ao tratamento e fique curado.

“Queremos ele de volta, para o nosso meio. Está fazendo muita falta ele longe da gente”, conta Alice Ferraz, tia de Kaio. *G1

Kaio tem 18 anos e precisa de ajuda para tratar a leucemia; família do sudoeste da Bahia está fazendo campanha — Foto: Reprodução/TV Sudoeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close