Jael marca aos 47, e Ceará larga com vantagem nas finais do Nordestão

  • A lei do ex não falha. Aos 42 minutos, Jael entrou no lugar de Mendoza. Aos 47, cobrou a falta que garantiu o gol da vitória do Ceará, fora de casa, no primeiro jogo das finais da Copa do Nordeste, por 1 a 0. O Vovô agora pode até empatar no jogo da volta que será campeão na Copa do Nordeste. Caso o Bahia vença por um gol de diferença, a decisão irá para os pênaltis.

  • Primeiro tempo

    Equilíbrio marcou o início da primeira decisão do Nordestão. O Bahia até criou as melhores oportunidades no início com Thaciano e chutes de fora da área. No entanto, o panorama da partida mudou muito com a expulsão (correta, diga-se) de Luiz Otávio, zagueiro do Bahia, após falta irresponsável em Lima. No entanto, o Ceará viu o Tricolor baiano chegar bem principalmente com Rodriguinho. Vina, em cobrança de falta, também teve boa chance, acertando o travessão. No entanto, se o Vovô teve a superioridade numérica, não soube aproveitar. Aos 47, Charles foi expulso e o Ceará também ficou com um a menos.

  • Segundo tempo

    O nível da decisão caiu ainda mais no segundo tempo. Vina tentou na bola parada mais uma vez. Rossi teve boa chance de primeira dentro da área. No entanto, os dois times pareciam que estavam satisfeitos com o empate. Substituições de lá, trocas de cá, mas o ritmo do jogo seguia lento. Aos 45, Richard quase entrega o gol para o Bahia num lance bizarro após bola alçada na área do Vovô. Mas aí a lei do ex pediu passagem. Jael entrou aos 42, cobrou falta aos 47 e anotou o gol da vitória alvinegra fora de casa.

    GE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close