Homem morre durante operação na fazenda de chefe de grupo criminoso na Bahia

Um homem, fugitivo do sistema penal de Pernambuco, morreu em confronto com policiais em uma fazenda de um suspeito preso em flagrante na semana passada, na cidade de Entre Rios, no litoral norte baiano.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), um outro homem, foragido na Bahia, foi preso durante a ação, que aconteceu na segunda-feira (24). A Polícia Civil investiga a possível participação destes homens nos recentes ataques a instituições financeiras na Bahia.

Segundo informações da SSP-BA, policiais do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e da Coordenação de Operações Especiais (COE) encontraram os dois fugitivos dos sistemas prisionais de Pernambuco e Bahia durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão.

Na operação, de acordo com o órgão de segurança pública, houve resistência por parte de um dos fugitivos, Josivânio da Silva Alves, um confronto e o homem, que tem 38 anos, foi baleado. Ele foi socorrido e levado para o Hospital Regional de Entre Rios, mas não resistiu.

A SSP detalhou que contra ele, havia um mandado de prisão em aberto pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver, associação criminosa e corrupção de menores.

Durante a mesma ação, um homem de 45 anos foi preso em flagrante com uma pistola 9mm de fabricação israelense, 34 munições, e porções de maconha. Na apresentação do suspeito à delegacia, foi constatado pelos investigadores que ele era fugitivo de uma penitenciária baiana.

A fazenda onde ocorreu a operação é do suspeito de ser o chefe de uma organização criminosa que explora o tráfico de drogas na Gamboa, no Centro e em Cajazeiras, em Salvador, e na Ilha de Itaparica. 

O dono do local foi preso por policiais militares na última quinta-feira (20), em Wenceslau Guimarães, a 290 km de Salvador. *G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close