Ferry tem movimento intenso de passageiros no embarque para Ilha; veja saída de Salvador nesta segunda

Por volta das 6h, o fluxo estava grande tanto para pedestres, como para quem estava de carro. A fila de veículos chegava à Avenida Oscar Pontes, do lado de fora do terminal e nas imediações da Feira de São Joaquim.

Fila de carros à espera do embarque no sistema ferry boat, em Salvador, nesta segunda-feira — Foto: Adriana Oliveira/TV Bahia
Fila de carros à espera do embarque no sistema ferry boat, em Salvador, nesta segunda-feira — Foto: Adriana Oliveira/TV Bahia

Os pedestres formaram grandes filas para embarque. Também há movimentação no terminal Náutico, no Comércio, local de partida das lanchas com destino a Vera Cruz, também na Ilha de Itaparica. Apesar da movimentação, não há aglomerações, nem imensas filas.

Já na rodoviária, apesar do maior movimento comparado aos demais dias da semana, não há grandes filas, nem aglomeração. O fluxo de passageiros no terminal rodoviário de Salvador é tranquilo. De acordo com a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), a previsão é que a movimentação seja 60% menor do que em 2019.
Passageiros na fila dos guichês para compra de passagens do ferry boat, em Salvador — Foto: Adriana Oliveira/TV Bahia
Passageiros na fila dos guichês para compra de passagens do ferry boat, em Salvador — Foto: Adriana Oliveira/TV Bahia

Os sistemas de transporte da Bahia, como ônibus interestaduais e intermunicipais, ferry boat e lanchas rápidas funcionam em esquema especial desde 23 de dezembro, por causa do fim de ano.

O sistema de lanchas da travessia Salvador-Mar Grande oferta todos os horários regulares, além do reforço de viagens extras (bate e volta), sempre que houver demanda no terminal. Já a travessia entre Salvador e Itaparica, pelo ferry, terá, além dos horários regulares, a operação de horários extras, com oferta de travessia também durante as madrugadas. A ampliação no atendimento segue até 6 de janeiro.

A restrição no quantitativo de embarque por causa da pandemia do novo coronavírus, tanto no ferry como nas lanchinhas está mantida, limitada a 75% da capacidade de cada embarcação. Já o embarque de veículos segue mantido a 100% da capacidade dos ferries.

As medidas impostas para evitar a disseminação do novo coronavírus continuam vigentes, com a obrigação do uso de máscara, oferta de álcool em gel, além de distanciamento em terminais e barcos.

Novas tarifas

Feery boat — Foto: Carol Garcia / GOVBA
Feery boat — Foto: Carol Garcia / GOVBA

As tarifas das linhas hidroviárias intermunicipais partindo de Salvador, incluindo o ferry, foram reajustadas. Os novos valores começaram a ser cobrados no dia 14 de dezembro e vale tamba para as lanchas e catamarãs, que saem, respectivamente, para Mar Grande (Ilha de Itaparica) e Morro de São Paulo.

No ferry o reajuste foi somente para as categorias intermediárias, não houve aumento de tarifa para pedestres, veículos pequenos e grandes.

Entre os veículos com alteração de valores das tarifas do sistema ferry boat estão ônibus, micro-ônibus, jamanta, caminhão trucado, motocicletas e reboques, com aumentos de R$ 0,10, R$ 0,20, R$ 0,40 e R$ 1,20.

A passagem das lanchinhas que custava R$ 5,60, aumentou para R$ 6,10, de segunda a sábado. Já aos domingos e feriados, a tarifa de R$ 7,40 agora será R$ 8,20. A passagem dos catamarãs, com o reajuste, é de R$ 110,10 (antes era R$ 95,20). (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close