Entidades esportistas homenageiam empresário Jorge Reis

Ação acontece durante a programação do Verão Costa a Costa em Itacaré

            Um dos precursores dos eventos esportivos na Bahia, o empresário Jorge Reis, o Jorginho, será homenageado neste final de semana, em Itacaré, cidade onde viveu por alguns anos de sua vida. A homenagem, realizada pelos representantes de entidades esportivas, acontece durante a realização da 4ª etapa do Projeto Verão Costa a Costa e objetiva destacar o legado deixado por ele, que tanto fez para fomentar e divulgar o esporte, através da realização de eventos por todo o território baiano. Jorginho morreu em dezembro de 2018, após mais de 10 anos lutando bravamente contra um câncer no cérebro, sem nunca perder o entusiasmo e a vontade de fazer “vencedores” nas mais diversas modalidades esportivas.

            “Uma das lembranças mais marcantes que tenho dele vem de um questionamento que ele me fez ao subirmos no palco para premiar os vencedores do Desafio Ciclístico Bahia de Todos os Santos. Na ocasião ele me perguntou: você tem noção de quantos vencedores nós já fizemos?”, lembra Rilson Campos, empresário, sócio de Jorginho na empresa Litoral Esporte.

            Surfista, ele foi um dos fundadores da Associação de Surf da Boca do Rio e trabalhou na Federação Baiana de Surf (FBSurf) e na Confederação Brasileira de Surf (CBSurf), mas, de acordo com Adalvo Argolo, presidente da confederação, o empresário foi um grande personagem não só na modalidade do Surf, mas em todas as outras. “Ele morreu muito jovem e é uma pessoa que faz falta como desportista, mas, mais ainda como amigo. Um surfista, remador e excelente organizador de eventos, sem dúvidas uma grande perda pro esporte baiano”, afirmou Argolo.

            “Um visionário inquieto, que queria o desenvolvimento do esporte, que batalhou muito e foi incansável na luta para que grandes eventos esportivos acontecessem. Estava sempre buscando inovações e novos esportes. Foi responsável pelo desenvolvimento de eventos de esportes radicais e deixou um grande legado, que foi a sua garra e determinação para a realização e empreendedorismo de grandes ações através do esporte e isso se tornou uma motivação para que gestores de entidades esportivas estejam sempre buscando a realização de eventos não só em Salvador, mas em todo o território estadual”, disse Sandes Filho, presidente da União das Federações do Esporte Amador da Bahia (Unisport).

                Jorginho também é lembrado com agradecimento pelo presidente da Federação Baiana de Beach Soccer, Francisco Ferreira. “Jorginho sempre foi um parceiro e seu empenho foi de fundamental importância para nos inserir no cenário do Beach Soccer, através das parcerias de projetos sociais e esportivos, por isso, somos todos muito gratos pela sua luta”, ressaltou Ferreira.  *Darana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close