Em reta final decisiva do Vitória, Bruno Oliveira diz que não quer ser poupado: “Quero jogar”

Foto: Pietro Carpi/EC Vitória

A reta final da temporada 2021 coloca o Vitória dividido em duas frentes. Ao mesmo tempo em que luta contra o rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro tenta garantir a classificação para a próxima edição da Copa do Nordeste.

Achar um equilíbrio entre as duas competições é o desafio do técnico Wagner Lopes para os próximos dias. Na quinta-feira o Leão recebe o Botafogo-PB pelo Pré-Nordestão, e, na segunda, visita o CBR em jogo que pode até rebaixar o time para a Série C.

O confronto em Maceió é tão importante que pode fazer o treinador rubro-negro poupar alguns jogadores na quinta-feira. Antes, no entanto, ele vai precisar combinar isso com os atletas, porque, para muitos, o desejo é estar em campo em todos os jogos decisivos. É o caso do meio-campista Bruno Oliveira, que reforçou o desejo de enfrentar o CRB, em entrevista ao ge.

Bruno Oliveira em Vitória x Botafogo — Foto: Pietro Carpi/EC Vitória

Bruno Oliveira em Vitória x Botafogo — Foto: Pietro Carpi/EC Vitória

– Professor Wagner não comentou nada com o grupo sobre poupar jogadores, até mesmo porque o jogo de quinta-feira tem sua importância principalmente financeiramente para o clube. O Vitória não pode ficar fora de uma Copa do Nordeste e, se depender de mim, eu quero atuar, sim – disse.

Bruno Oliveira foi titular do Vitória em oito dos últimos dez jogos do time, e recentemente passou a ter a concorrência de Fernando Neto. Os dois até chegaram a jogar juntos contra o Avaí, quando Wagner Lopes não pôde contar com Eduardo, mas a escalação da dupla no onze inicial não é o usual na Toca do Leão.

Questionado sobre como prefere jogar no meio e campo rubro-negro, o Bruno Oliveira preferiu deixar a responsabilidade nas mãos do treinador.

“Isso eu deixo nas mãos do professor Wagner e de toda a comissão técnica, eles sabem o melhor para a equipe. Eu venho atuando como terceiro homem de meio, mais à frente, mais próximo dos atacantes, mas já joguei também como segundo homem e me sinto confortável nas duas posições”, avaliou Bruno.

Bruno também comentou sobre a evolução do time nas últimas partidas. Entre Pré-Copa do Nordeste e Série B do Brasileiro, o Vitória venceu cinco das últimas dez partidas disputadas e teve apenas duas derrotas nesse período. Para o meio-campista, os resultados refletem o equilíbrio encontrado entre a defesa e o ataque.

– Nossa equipe tem feito bons jogos e nossa eficiência no ataque têm nos ajudado bastante, além da nossa consistência defensiva. Conseguimos nos impor dentro de campo e construir os resultados necessários nessa reta final. Esperamos seguir no mesmo ritmo para alcançar nossos objetivos ao final da competição – comentou.

Apesar da melhora nessa reta final, o fantasma do rebaixamento ainda ronda a Toca do Leão. O Rubro-Negro tem apenas 40 pontos, ocupa o 18º lugar da tabela, e precisa ganhar duas posições nas próximas duas rodadas para se manter na segundona.

– Nós temos total ciência da responsabilidade que carregamos. O torcedor pode ter certeza de que não vai faltar vontade dentro de campo. Estamos encarando todas as partidas como a última da vida para que a gente consiga ajudar o Vitória a permanecer na Série B e buscar o acesso na próxima temporada – finalizou o meia.

O próximo jogo do Vitória é contra o Botafogo-PB e está marcado para as 21h (horário de Brasília) desta quinta, no Barradão. *GE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close