Dodge Magnum V8 5.2 1979 A sérei top de luxo da família Dart no Brasil

No meio dos anos 70 a importação de carros para o Brasil foi proibida pelo então regime militar, a Dodge tratou logo de criar aqui um luxuoso Dart chamado de Dodge Magnum, para concorrer com o badalado Opala e Ford Galaxie.

As vendas da família Dodge no Brasil não iam muito bem, o lançamento do modelo Dodge Magnum se tornou a grande esperança da montadora, um cupê de grande porte muito luxuoso e bastante americanizado, mas que trazia alguns obstáculo para o público brasileiro.

O carro era um verdadeiro espetáculo, ar-condicionado, direção hidráulica de ultima geração, e uma acabamento interno que na época só era visto em filmes americanos, sem contar com a força e o conforto que o carro podia oferecer, definitivamente ter um Dodge Magnum era para bem poucos.

A pesar de todos os atributos que o carro oferecia, a montadora Dodge tinha um problema gigantesco aqui no Brasil, o público brasileiro admirava carrões Norte Americanos, mas não a ponto de se aventurar em uma compra, o estilo europeu predominava e ainda predomina em nossa industria automobilística.

Outro problema era o preço do Dodge Magnum na concessionária, e os valores na hora das manutenções preventivas, estava totalmente fora da realidade do brasileiro.

Desempenho.

  • Com um motor V8 conseguia ser ágil e muito bom de estrada, um verdadeiro navegador silencioso, digno de um estradeiro Norte Americano.
  • Muita potência e pouco equilíbrio, entrar em uma curva de alta velocidade, com o pé no fundo, era uma verdadeira aventura o carro não era muito estável.
  • O consumo era acima da média, em um Brasil dos anos 70, com estradas semi abandonadas, viajar com um carro que exige estar perto de um posto de gasolina, era outra aventura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close