Defesa de Lula tem até segunda para apresentar pedidos na ação do sítio de Atibaia

A defesa de Luiz Inácio Lula da Silva tem até a próxima segunda-feira (19) para apresentar os últimos pedidos na ação do caso do sítio de Atibaia. O prazo foi estipulado pela juíza federal Gabriela Hardt, sucessora de Sérgio Moro nos processos da Operação Lava Jato, em Curitiba. A magistrada interrogou o ex-presidente e o pecuarista José Carlos Bumlai na última semana.

Lula é réu no processo do sítio de Atibaia por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A força-tarefa da Operação Lava Jato sustenta que o ex-presidente foi beneficiário de R$ 1,02 milhão, supostamente repassados pelo pecuarista José Carlos Bumlai e pelas empreiteiras Odebrecht e OAS, na forma de melhorias da propriedade rural localizada no interior de São Paulo que seria de uso do ex-presidente.

Após a apresentação da defesa, o próximo passo na ação penal serão as alegações finais. Esta será a parte derradeira do processo, na qual o Ministério Público Federal apresentará as argumentações e pedidos a serem considerados pela Justiça.

No interrogatório com Hardt, Lula falou por cerca de 3 horas. Após o depoimento, na Justiça Federal de Curitiba, ele retornou à carceragem da Polícia Federal, escoltado por um forte aparato de agentes armados. De acordo com o jornal Estado de S.Paulo, esta é a terceira vez que Lula foi ouvido como réu da Lava Jato. A primeira foi em 10 maio de 2017, a segunda, em 13 de setembro. Em ambas as audiências foi interrogado pelo juiz Sérgio Moro. *A informação é do Bahia Notícias.

Foto: reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *