Defensoria Pública pede ao Tribunal de Justiça a liberação de presos de Valença para prisão domiciliar

Detentos do regime semiaberto de Valença podem cumprir pena em prisão domiciliar. A Defensoria Pública do Estado (DPE) fez um pedido ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) após ser identificado detentos com regimes de custódia diferenciados no mesmo espaço.

Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia (Seap), o Conjunto Penal de Valença está com 482 presos, apesar de ter sido projetado para abrigar 268 pessoas. Do total, 69 pessoas estão no regime semiaberto.

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *