De volta à Arena Fonte Nova, Bahia tenta superar deficiências e vantagem contra o Melgar


Esqueça as falhas absurdas na defesa, os gols incríveis desperdiçados. Nesta quinta-feira, o Bahia reencontra o Melgar-PER, em jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana, com a missão de mostrar que as deficiências de outrora foram superadas. Até porque, só assim o time será capaz de superar a vantagem do adversário, obtida no jogo de ida, e ficar com a classificação.

A última partida do Bahia, disputada contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro, foi um resumo do que tem sido a campanha do Tricolor, pelo menos no primeiro turno do Brasileirão. Na derrota por 3 a 1, o time teve falhas bobas de seu sistema defensivo (uma barreira que abre de forma inexplicável, por exemplo) e também desperdiçou chances de gols que custaram caro (uma delas, com goleiro caído). Nesta quinta, erros desse tipo podem ser cruéis.

Mano Menezes precisa melhorar rendimento do Bahia para ficar com a vaga na Copa Sul-Americana — Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Mano Menezes precisa melhorar rendimento do Bahia para ficar com a vaga na Copa Sul-Americana — Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Isso porque o jogo de ida contra o Melgar terminou em 1 a 0 para os peruanos, que têm a vantagem do empate ou qualquer derrota por um gol de diferença, desde que tenham marcado. Ao Bahia, resta vencer por dois gols de diferença para ficar com a classificação. Novo 1 a 0 leva a disputa para os pênaltis.

A boa notícia é que o confronto desta noite marca o retorno do Bahia à Arena Fonte Nova após quase oito meses. O último jogo disputado no estádio aconteceu no dia 7 de março, contra o Doce Mel, pelo Campeonato Baiano. Desde então, a Fonte estava sendo usada como hospital de campanha no combate ao coronavírus. No ano, o Tricolor tem duas vitórias, um empate e uma derrota na sua casa.

Para este jogo, o técnico Mano Menezes também deve contar com o retorno do meia Rodriguinho, que tem treinado normalmente após se recuperar de lesão. A tendência, porém, é que ele inicie o jogo no banco de reservas, já que não entra em campo desde o fim de setembro. O provável Bahia para esta quinta tem: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Elias e Daniel; Clayson, Rossi (Fessin) e Gilberto.

Gilberto tem três gols na Sul-Americana e é um dos artilheiros da competição — Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Gilberto tem três gols na Sul-Americana e é um dos artilheiros da competição — Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Quem avançar nesta quinta-feira enfrenta o vencedor de Unión Santa Fé x Emelec. O primeiro jogo terminou 1 a 0 para os equatorianos. *GE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close