De olho na presidência do Senado, Coronel enfrenta adversário dentro do PSD

De olho na presidência do Senado, Angelo Coronel pode ter adversários não só do MDB (Renan Calheiros), PSDB (Tasso Jereissati) e do DEM (Davi Alcolumbre), mas também dentro do seu partido, o PSD.

Futuro líder do PSD no Senado, Otto Alencar afirmou que Sérgio Petecão, que acabou de ser reeleito pelo Acre, também manifestou o desejo de ser postulante ao comando da Câmara Alta do Congresso Nacional.

Segundo Otto, no dia 27 ou 28 de janeiro, a bancada da sigla, que tem sete senadores, se reúne para definir a estratégia da eleição, que acontece no dia 2 de fevereiro. “Não existe dentro do PSD unidade nem para Coronel nem para Petecão, mas Coronel está bem mais forte, do ponto de vista das articulações”, afirmou o presidente do PSD na Bahia.

Sobre a disputa pela Câmara dos Deputados, Otto afirmou que a “tendência” é a sigla apoiar a candidatura de Rodrigo Maia (DEM). “Dizem lá que ele é favorito. Acho que ele tem algum favoritismo, segundo os deputados”, ressaltou. *Bahia Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com