Cuidados com a saúde íntima no Carnaval

por Maria del Carmen

O carnaval exige maior atenção da mulher com relação à higiene íntima. As altas temperaturas da festa que acontece no verão aumenta a transpiração, fazendo com que a região fique mais quente e úmida, criando um  ambiente propício para o crescimento e a proliferação de bactérias, elevando o risco de infecções.

Alguns cuidados com a saúde íntima feminina são necessários para evitar a proliferação de fungos, protozoários e bactérias causadoras de problemas ginecológicos que podem desencadear doenças. O Médico Urologista, Dr. Frederico Mascarenhas,  explica sobre cuidados com a saúde íntima especialmente durante a folia.

No verão é muito comum o aumento na incidência das infecções vulvovaginais e infecção urinária. As infecções vulvovaginais, como a candidíase,  são fungos que podem estar presente na flora vaginal e se manifestar quando há um ambiente propício, o que pode ser causado, por exemplo, pelo uso de biquínis molhados por um longo período, peças íntimas de material sintético, roupas apertadas, entre outros. Já a Infecção urinária no verão é causada pelo baixo consumo de líquido e suor excessivo, fazendo com que a urina fique concentrada e aumente a incidência da doença.

Para garantir a saúde genital, o principal é deixá-la limpa, seca e arejada. É importante lavar a região com água corrente e sabonete neutro, sem perfume, para não modificar a flora vaginal. Entre as queixas mais comuns durante a estação estão coceira, corrimento vaginal com cheiro forte e ardor ao urinar e corrimento com cheiro forte. “Vale ficar mais atenta com os cuidados do dia a dia nessa época e preservar a sua região íntima. Caso perceba alguma alteração, procure um especialista”, destaca Dr. Frederico.

“Ainda está muito presente uma falsa ideia de que os urologistas são médicos de homens e os ginecologistas são médicos de mulheres, mas os urologistas tratam do aparelho urinário de qualquer pessoa, independentemente do sexo”, descreve o médico.

Alguns hábitos influenciam diretamente na saúde íntima das mulheres, como usar roupas muito justas e ficar com biquíni molhado por muito tempo. Isso pode causar irritações e até infecções. É preciso deixar a região seca, além de usar roupas que permitam que a região fique mais arejada. “Dê preferência a roupas leves, não exagere nos banhos diários, prefira calcinhas de algodão, evite ficar com roupas molhadas por um longo período na praia ou piscina, evite o uso de amaciantes e alvejantes nas calcinhas”, explica o urologista.

Para a folia, é importante o consumo de água acima de 2 litros pois é um período em que se perde muito líquido. Também é importante urinar em locais apropriados. “Dê preferência aos banheiros pagos. Mais vale pagar um real para urinar do que prender a urina por muito tempo ou fazer as necessidades em lugares inapropriados. Além disso, tenha sempre papel higiênico e lenços umidecidos para realizar a higiene da região, mas sem exagerar”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *