Cuidado: novo vírus para Android rouba dados bancários – desinstale já

O uso de smartphones tem crescido constantemente no Brasil: os aparelhos portáteis permitem acesso rápido a mensagens com família e trabalho, e-mails, documentos importantes, pedido de delivery de comida, jogos, músicas, câmera, internet banking. Nossa vida inteira está armazenada nos aparelhos celulares, e por isso, eles se tornam um alvo interessante para meliantes que desejam roubar as informações contidas no smartphone.

Em especial em 2020 e 2021, dependemos de tecnologias como o banco via aplicativo para nosso cotidiano, e com isso, um aumento do número de vírus publicados para celular foi notado por especialistas em segurança digital. Agora, um novo vírus foi identificado com o objetivo de roubar os dados bancários de usuários do Android. Apelidado de Clast82, é essencial se proteger contra essa ameaça. Confira.

 

Aplicativos infectados

 

O Clast82 é um vírus que vem atrelado ao download de outros aplicativos para Android. Quando o usuário instala o app, o vírus se comunica pela internet com a página que contém seus dados infecciosos e baixa de forma secreta, depois, escaneia o dispositivo por aplicativos de banco e rouba os dados da conta, que futuramente serão usados pelo hacker para transferir o dinheiro.

 

O perigo do Clast82 está em sua ação silenciosa, e sua capacidade de burlar até mesmo a senha e impressão digital do usuário. Alguns aplicativos já foram identificados com o vírus, e devem ser deletados imediatamente:

 

  • BeatPlayer
  • QR/Barcode Scanner
  • Qrecorder
  • Tooltipnatorlibrary
  • E diversos apps de VPN grátis (Pacific, Cake, outros)

 

Este último ponto em especial vale ser destacado: uma VPN oficial e segura pode evitar contaminação por vírus e proteger a privacidade no Android. No entanto, apps de VPN grátis não são reais e, nesse caso, carregam vírus por si só, portanto, jamais devem ser instalados.

 

Protegendo o Android

 

Se você foi infectado pelo Clast82, ou quer aprender a evitar outros vírus no futuro, algumas dicas podem melhorar a segurança de smartphones Android:

 

  • Instale um aplicativo de scanner de malware: apps como o MalwareBytes, Google Play Protect, ou a Assistência do Dispositivo em smartphones da Samsung, escaneiam o aparelho em busca de vírus conhecidos.
  • Não faça root: o processo de root no Android permite que o usuário faça modificações avançadas no sistema, no entanto, também abre as portas para vírus complexos uma vez que as seguranças do smartphone são desligadas.
  • Não instale APKs ou apps fora da loja: a loja Google Play é a fonte oficial de aplicativos para o Android. É possível instalar lojas alternativas ou baixar aplicativos em forma de arquivos APK, no entanto, esses apps não terão as verificações de segurança da Google e comumente possuem vírus.

 

Reação da Google

 

A Google, informada sobre o malware, já removeu a maior parte dos aplicativos conhecidos e infectados da loja Google Play. No entanto, não é possível desinstalar automaticamente do aparelho dos usuários, portanto, é a recomendação oficial da plataforma que cada usuário verifique a lista de aplicativos instalados e remova os infectados ou desconhecidos.

 

Além disso, não é possível garantir que outros apps com o vírus Clast82 não estejam na loja por ainda não terem sido descobertos. Na verdade, o Android ainda sofre com um grande volume de aplicativos infectados que podem ser encontrados na loja oficial do sistema, levando meses até serem descobertos.

 

É importante portanto sempre verificar a reputação do desenvolvedor e a origem de cada aplicativo, instalando apenas apps populares de empresas conhecidas, ou projetos conhecidos como open source onde o criador do aplicativo disponibiliza o código por completo para que todos possam ler.

 

É preciso manter-se sempre atualizado com notícias de segurança digital, já que atualmente esta preocupação faz parte de nossa vida cotidiana e, constantemente, novos vírus são descobertos para computadores e celulares. Veja também o golpe no WhatsApp que solicita depósitos bancários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close