Criminosos criam centrais telefônicas para aplicar golpes em idosos





Por Joberth Melo

Um golpe aplicado com idosos tem deixado a polícia em alerta. Através de centrais telefônicas falsas, criminosos se passam por funcionários de agências bancárias para furtar os dados das vítimas. De acordo com a TV Bahia, uma das vítimas teve um prejuízo de cerca de R$ 30 mil na Bahia.

A ação criminosa inicia por telefone. Eles informam que o cartão da vítima tinha sido clonado e convencem que informem a senha. Em seguida, os estelionatários pedem que a vítima corte o cartão e entregue a um atendente que irá se dirigir a residência, prometendo que um novo cartão e senha chegarão ao mesmo endereço nos próximos dias.

Apesar do corte, o cartão furtado pelos criminosos tem o chip preservado. Eles clonam o cartão e com a senha informada pela vítima efetuam diversas compras, principalmente pela internet.

Crime não é atual em outros estados. Idosos foram vítimas desse mesmo golpe também em São Paulo e Rio de Janeiro. A polícia chegou a prender uma das quadrilhas em São Paulo, no ano de 2016.

Atualiza Bahia
Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *