Covid-19: Quando procurar um pneumologista?

Após mais de um ano da pandemia da Covid-19, já se sabe que a doença causa sérios danos ao pulmão, tendo a falta de ar como um sintoma característico que pode persistir por um período curto e até mesmo aumentar de intensidade rapidamente. Por conta desse cenário preocupante, recorrer a um pneumologista pode ajudar a enfrentar a doença da melhor forma. De acordo com a pneumologista Dra. Larissa Voss Sadigursky, existem casos de pacientes que não conseguem respirar, e seus níveis de saturação de oxigênio caem para menos de 90%, dessa forma o cérebro deixa de receber oxigênio, levando à confusão mental e outros sintomas. Nos casos graves da doença, os níveis de oxigênio podem cair para cerca de 80% ou menos, ocasionando danos maiores à órgãos e tecidos.

“Quando a Covid-19 atinge o pulmão causa outros sintomas como febre, dor no corpo, perda do paladar, dentre outros, e o quadro não regride com o tratamento típico das crises comuns, por isso se torna tão necessário buscar um pneumologista quando esse quadro é observado”, explica a especialista.
Dra Larissa explicou que, como o pulmão é o principal órgão afetado pelo coronavírus, e o pneumologista é o médico responsável por cuidar e tratar dos pulmões, além de realizar o diagnóstico e tratamento das chamadas doenças pulmonares, ele deve ser procurado quando houver suspeita de acometimento do órgão ou falta de ar.
“O vírus causa uma inflamação  e se espalha pelo resto do organismo, ataca os brônquios e causa problemas respiratórios por causa da forma inalatória que possui. Em caso de grande comprometimento, as complicações são pneumonia viral, derrame pleural e até fibrose”, destacou a pneumologista.
Dessa forma, além dos cuidados básicos como higienizar as mãos e manter o distanciamento social, os portadores de qualquer doença respiratória devem manter em dia as consultas de controle para avaliação e exames para ajuste da medicação quando necessário. Com as doenças pulmonares estáveis, os riscos para um agravamento da Covid vão diminuir.

Pós-Covid

 

Os cuidados, no entanto, não ocorrem apenas durante o período de infecção pela doença, mas também no período pós-covid. Por isso é importante recorrer à um check-up após a recuperação da doença, para tratar possíveis sequelas que o coronavírus possa ter deixado na saúde dos pacientes
“Em geral, as complicações mais comuns e conhecidas são aquelas que causam o comprometimento do sistema respiratório, mais especificamente do pulmão. O primeiro comprometimento que ocorre é a pneumonia viral. Nestes casos, o paciente pode apresentar dificuldade para respirar, podendo evoluir, em casos mais graves, para desconforto respiratório crônico. O modo mais eficaz para observar esse quadro é recorrer a um pneumologista”, observou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close