“Considero que conseguimos compor e ofertar para a comunidade da região um rol significativo”, diz administrador da Policlínica Regional em Valença sobre especialidades

por Joberth Melo | Atualiza Bahia

A Policlínica Regional de Saúde em Valença completou um ano de funcionamento neste mês e até esta terça-feira (16) já atendeu mais de 59,5 mil pessoas. Criada a partir do consórcio entre o Governo da Bahia e outros 13 municípios, a unidade conta com diversas especialidades médicas, além de exames de média e alta complexidade ambulatorial.

Após questionamentos sobre especialidades que não são ofertadas na Policlínica Regional em Valença em relação a outras, a exemplo da recém-inaugurada na cidade de Paulo Afonso, o médico e administrador da instituição, Roberto Deway, foi entrevistado pelo Atualiza Bahia e aborda sobre as principais especialidades da unidade, como foram definidas e especialidades previstas para serem integradas.

Joberth Melo: Há um padrão nas especialidades da Policlínica Regional?

Roberto Deway – Sim, mas que pode ser modificado de acordo com as demandas da população. Considero que conseguimos compor e ofertar para a comunidade da região um rol significativo de especialidades médicas e de exames complementares de média e alta complexidade

O processo de composição das especialidades requer aprovação pelo Colegiado Gestor (Secretários de Saúde) e pela Assembleia de Entes Consorciados (Prefeitos e representante do Governo do Estado da Bahia).

Quais são as especialidades disponíveis na unidade?

Ressonância magnética, tomografia computadorizada, mamografia, ultrassonografia, ecocardiograma, teste ergométrico, mapa, holter, eletroencefalograma, radiografia-RX, eletrocardiograma, endoscopia, colonoscopia, vídeonasolaringoscopia, colposcopia, anestesiologista, cirurgião geral, ultrassonografia, radiologia, dermatologia, infectologia, coloproctologia.

Ainda faltam três especialidades que não conseguimos profissionais ainda. São mastologia, neurologia, urologia. Não há grande disponibilidade de médicos especialistas fixados na região. Estamos em busca.

Qual o procedimento de destaque?

Os cuidados com o Pé Diabético representam uma das grandes ofertas da Policlínica com uma equipe multiprofissional: médico infectologista, médico Angiologista, médico endocrinologista, enfermeiro estomaterapeuta (especializado no cuidado de feridas), nutricionista, coberturas (curativos) especiais.

Quantos atendimentos já foram realizados na Policlínica?

Nesta terça-feira (16), até 13h12, 59.619 procedimentos. Desses, 18.344 consultas médicas em atenção especializada.

Há especialidades que pensam integrar na unidade?

Sim. A próxima especialidade com previsão de inclusão é Nefrologia.

 

Policlínicas Regionais de Saúde

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), as Policlínicas não são unidades de atendimento com portas abertas. Todas as consultas e exames são feitos através de um agendamento prévio, que deve ser realizado pela Secretaria de Saúde dos municípios consorciados. Ou seja, têm como objetivo receber pacientes que já passaram por unidades da Atenção Básica e que possuem encaminhamento para uma unidade especializada.

Atualiza Bahia

Foto: Sesab

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com