Começa nova etapa do Mais Estudo para monitoria de Língua Portuguesa, Matemática e Educação Científica

 

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) iniciou a nova etapa do programa Mais Estudo, de monitoria em Língua Portuguesa, Matemática e Educação Científica, com a entrada de mais 4.005 novos monitores, que atuarão de  setembro a dezembro de 2021. Como incentivo à ação, o governo do Estado concede uma bolsa-auxílio no valor de R$ 100, creditado no final de cada mês na conta cadastrada, após apresentação dos relatórios de monitoria e validação da gestão escolar. No total, para este ano, espera-se investir, com recursos próprios do Estado, cerca de R$ 10,6 milhões no programa.

 

A superintendente de Políticas para a Educação Básica, Manuelita Brito, falou sobre a importância desta nova etapa. “Nesta segunda chamada, o Mais Estudo incorpora novos estudantes, dentre os que já alcançaram bons resultados acadêmicos em 2021 e que têm interesse em fazer a monitoria. A importância disso é continuarmos mobilizando os alunos nesta etapa do ensino híbrido para as atividades de reforço escolar. Lembramos que o Mais Estudo é uma Atividade Curricular Complementar, ou seja, vale como atividade letiva, tanto para os monitores, quanto para quem recebe a monitoria. É um programa que pode ser determinante para a melhoria da aprendizagem neste ano tão desafiador para a Educação”.

 

No Colégio Estadual Antônio Carlos Magalhaes, localizado em Ibipeba, os monitores participaram, na quinta-feira (16), de uma reunião de boas-vindas para alinhamento de horários, orientação de trabalho e planejamento das monitorias, que serão iniciadas no colégio, nesta segunda-feira (20). Para o novo monitor de Matemática, Marcos Vinícius da Silva, 17, 2º ano, participar do programa é uma satisfação. “Sempre quis ser monitor do programa e só agora tive a oportunidade se ser selecionado. Estou muito animado para ajudar os colegas e espero que eles tenham um bom engajamento”, afirmou.

 

Quem também está na expectativa é Raiane Rocha, 18, 3º ano, da mesma unidade escolar, que foi selecionada como monitora de Língua Portuguesa pela segunda vez. “Estou muito feliz por continuar na monitoria e tirar as dúvidas dos meus colegas. Já planejei as monitorias, que deverão ocorrer de três a quatro vezes por semana, de forma presencial e, também, remota”, comentou a estudante.

 

Sobre o Mais Estudo – Instituído pela Lei Estadual nº 14.306/2021 e regulamentado pelo Decreto n° 20.258/2021, o programa tem o objetivo de apoiar as aprendizagens dos estudantes, por meio de atividades de reforço escolar com alunos monitores nas áreas de Língua Portuguesa e Matemática, além da inserção de ações voltadas à Educação Científica para estudantes do 8° e 9º ano do Ensino Fundamental e da 1ª a 4ª série do Ensino Médio da rede estadual de ensino. Em 2021, estão sendo ofertadas 52 mil vagas no programa.

 

Foto: Josenildo Almeida – ASCOM/SECBA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close