Clássicos: Dodge Gran Sedan, um Dart mais requintado

A linha 1973 representou uma importante evolução para os Dodge V8 em dois sentidos. No design, pela primeira vez os modelos receberam uma atualização visual relevante – ganharam faróis com base retangular e grade mais simples, onde se esconderam os piscas, que agora só eram vistos acesos.

Além disso, surgiram novas versões, que revigoraram o apelo do carro, que era um dos principais símbolos da época do chamado Milagre Econômico – o Gran Sedan tornava-se o topo de linha na vertente luxo, enquanto o Charger R/T era o Dodge mais esportivo.
Gran Sedan, modelo 1976 da Dodge.Gran Sedan, modelo 1976 da Dodge.
Marcos Camargo/Quatro Rodas

Apesar de ter nomes distintos, todos os Dodge V8 eram, na prática, variações do Dart. O Gran Sedan equivalia à versão mais requintada do Dart sedã vendida até então.
Continua após a publicidade

Com teto de vinil, ele trazia como opcionais ar-condicionado, direção hidráulica, freios a disco, rádio de três faixas, cinto de segurança de três pontos, botão de regulagem do retrovisor externo, retrovisor antiofuscante interno e pintura metálica. Na traseira, uma faixa cromada e quadriculada separava as lanternas.
Interior do Gran Sedan, modelo 1976 da Dodge.Interior do Gran Sedan, modelo 1976 da Dodge.
Marcos Camargo/Quatro Rodas

Na mecânica, manteve o V8 sem grandes alterações. Com 5,2 litros, produzia 198 cv e 41,5 mkgf. “Sua força aparece principalmente nas arrancadas e nas subidas, que esses carros vencem com a mesma facilidade com que andam numa estrada plana”, dissemos no teste de outubro de 1972.

“O motor é tão elástico que nas estradas dificilmente é necessário reduzir de terceira para segunda; e na cidade pode-se até dispensar a primeira, arrancando simplesmente em segunda; ou então em primeira, passando diretamente para terceira.” Frenagens e estabilidade também eram destaques.
Rádio do Gran Sedan, modelo 1976 da Dodge.Rádio do Gran Sedan, modelo 1976 da Dodge.
Marcos Camargo/Quatro Rodas

Para 1975, ele recebeu novo visual que o destacou entre os sedãs Dodge. Era a grade quadriculada do Charger 1973-74, mas com bordas cromadas. Com os faróis por trás dela, mesclava agressividade a seu estilo mais formal. No comparativo de junho de 1976, o Dodge encarou o Ford Galaxie 500, o Chevrolet Comodoro, o Maverick sedã V8 e o Alfa Romeo 2300. Ele ficou em segundo lugar em aspectos importantes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close