Cinco são presos durante operação da PF de combate a organização que usava ‘mulas’ para levar cocaína à Europa

Cinco pessoas foram presas e três mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Lauro de Freiras e Ipiaú, na Bahia, durante a operação “Olossá” da Polícia Federal, que tem como objetivo desarticular uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas.

De acordo com o delegado da Polícia Federal, Fábio Marques, dois mandados de prisão e dois de busca e apreensão foram cumpridos neste sábado (14).

“A gente cumpriu dois mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão. E foram cumpridos na praia de Buraquinho, em um condomínio, e em uma barraca de praia em Lauro de Freitas, onde um dos alvos residia”, disse.

“A investigação começou em maio de 2019 e, de lá até cá, já foram realizadas mais de 10 flagrantes de ‘mulas’ tentando sair do país para Europa transportando cocaína escondida nas suas bagagens”, disse o delegado.

Sobre as duas pessoas que foram presas em Salvador, o delegado Fábio Marques informou como ocorria o aliciamento das ‘mulas’. “Essas pessoas, elas fazem parte de um núcleo de uma organização criminosa responsável por aliciar essas ‘mulas’. Então, aqui na Bahia, elas aliciavam pessoas através da barraca de praia, ou em festas, pessoas que estão com alguma necessidade financeira, e aceitam se submeter a esse risco de transportar a substância ilícita para outro país”, conta.

“Essa fase da operação focou no núcleo de aliciamento dessas ‘mulas’. Então, agora a gente passa pela análise desse material que foi produzido ao longo de toda investigação e, hoje, na deflagração da operação, para tentar chegar aos demais núcleos para saber quem fornecia essa droga, quem era o comprador dessa droga no exterior, e também quem está acima da cadeia sucessória da organização criminosa”, disse o delegado.

Fábio Marques ainda disse que as prisões que o destino das drogas era sempre um país europeu. “Sempre na Europa. A gente já pegou as ‘mulas’ indo para Portugal, a maioria para a Espanha, para Alemanha, Itália, e, a última delas, ia para Tailândia”, contou o delegado.

Drogas eram escondidas em bagagens para serem levadas à Europa — Foto: Polícia FederalDrogas eram escondidas em bagagens para serem levadas à Europa — Foto: Polícia Federal

Drogas eram escondidas em bagagens para serem levadas à Europa — Foto: Polícia Federal

Uma mulher suspeita de participação no esquema foi presa no aeroporto internacional de Belém, na noite de sexta-feira (13). Ela tentava embarcar em um voo para Portugal junto com o filho de cinco anos. Também ocorreu uma prisão em Curitiba e outra no Ceará. Sobre essas duas últimas ocorrências, a polícia não deu mais detalhes.

A mulher presa foi encaminhada para o Centro de Recuperação Feminino e a criança foi entregue para ficar aos cuidados da avó. O delegado Fábio Marques também falou sobre a prisão da mulher em Belém.

“Ontem à noite [em Belém], um dos alvos da nossa operação estava realizando uma viagem para a Holanda com o filho. Estava de mudança do país, mas já tinha um mandado de prisão em aberto e, na hora do check-in, foi detectado esse mandado de prisão e foi efetuada sua prisão”, concluiu.

A Polícia Federal também cumpriu mandados de busca e apreensão em Ananindeua, região metropolitana de Belém. *G1

Foto: PF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close